NOTÍCIAS
05/03/2018 15:26 -03 | Atualizado 05/03/2018 15:45 -03

NBA inaugura 1ª loja da franquia em São Paulo e projeta expansão

Espaço será montado na Galeria do Rock e terá 100 metros quadrados.

Wander Roberto/Inovafoto/Divulgação
NBA já tem lojas no Rio de Janeiro, Mogi das Cruzes e Campinas.

Os fãs da bola laranja estão com o cronômetro no regressivo e não veem a hora de o mês de abril chegar. A franquia da NBA, liga norte-americana de basquete, anunciou que abrirá sua 1ª loja em São Paulo, a 4ª no País — Rio de Janeiro, Mogi das Cruzes e Campinas foram as pioneiras.

Segundo Sérgio Perrella, vice-presidente de licenciamento e varejo da NBA na América Latina, o espaço, que será montado na Galeria do Rock, é apenas o primeiro de muitos que a franquia pretende espalhar pela capital paulista.

"Estamos olhando o mercado e atentos às oportunidades. Estamos felizes com a inauguração da loja na Galeria do Rock. Nosso objetivo é seguir expandindo. Hoje temos 4 lojas físicas no país, 3 delas no estado de São Paulo, uma no Rio de Janeiro, e as perspectivas são muito boas."

O dirigente revelou ao Huffpost Brasil que a expectativa é de crescimento da marca com a chegada em um dos principais mercados do País.

"São Paulo é um mercado muito importante, estratégico no plano de expansão da liga, onde temos uma base bastante significativa de fãs. Acredito que vamos ter um impacto muito positivo com a proximidade da marca com o público e o espaço onde vamos abrir essa 4ª loja física, tem uma conexão bem forte com a NBA, especialmente se pensarmos em moda, música, tendências, conceitos, lifestyle e cultura urbana."

A afirmação de Perrella foi de encontro ao que pensam também os internautas, cada vez mais ansiosos para conhecer o espaço dedicado aos apaixonados pelo esporte.

Números comprovam crescimento nas vendas

Entre outubro e dezembro de 2017, considerando as lojas NBA (físicas e online) do Brasil (LojaNBA.com e NBA Stores Rio de Janeiro-RJ, Campinas-SP e Mogi das Cruzes-SP), o mercado brasileiro registrou um crescimento na ordem de 30% em vendas, com mais de 12 mil produtos vendidos e uma variedade de mais de 700 itens únicos disponível para os fãs.

Top 10 de camisas mais vendidas - NBA / Brasil

1 - LeBron James (Cleveland)

2 - Stephen Curry (Golden State)

3 - Russell Westbrook (Oklahoma City)

4 - Kevin Durant (Golden State)

5 - James Harden (Houston)

6 - Giannis Antetokounmpo (Milwaukee)

7 - Carmelo Anthony (New York)

8 - Kawhi Leonard (San Antonio)

9 - Kemba Walker (Charlotte)

10 - Klay Thompson (Golden State)

Top 10 de vendas de produtos licenciados (equipes) - NBA / Brasil

1 - Golden State Warriors

2 - Cleveland Cavaliers

3 - Chicago Bulls

4 - Boston Celtics

5 - Los Angeles Lakers

6 - Brooklyn Nets

7 - Houston Rockets

8 - Oklahoma City Thunder

9 - New York Knicks

10 - Miami Heat

Estrelas brasileiras se empolgam

Os jogadores brasileiros que tiveram a oportunidade de atuar por algumas temporadas na NBA engrossaram o coro do torcedor e também comemoraram a chegada da franquia a São Paulo.

Alex Garcia, que atuou na principal liga de basquete do mundo em duas temporadas (2004-2005 no San Antonio Spurs, 2005-2006 no New Orleans Hornets), hoje defende as cores do Bauru no NBB Brasil. Para o ala-armador, a loja será um sucesso absoluto.

"Uma loja em São Paulo é uma iniciativa fantástica. O público paulistano é fanático por basquete e por NBA. A comunidade basqueteira do interior também vai adorar. O pessoal de Bauru e de Ribeirão Preto certamente vai até São Paulo para adquirir os produtos. É espetacular, e eu certamente vou frequentar", prometeu, em conversa com o Huffpost Brasil.

O carioca Marquinhos, que desfilou seu talento nas quadras norte-americanas com a camisa do New Orleans Hornets de 2006 a 2008, concordou com a visão de Garcia e citou os benefícios que a marca teve ao abrir uma loja no Rio de Janeiro.

"Já estive na loja aqui do Rio e é de primeira. Dá para conhecer um pouco mais dos astros da NBA, pois tem artigos de tudo quanto é jogador. É bom para a NBA expandir a marca dela e também para o basquete brasileiro, que verá um bom aumento da demanda, com certeza."

Enquanto a loja de São Paulo não é inaugurada, assista no vídeo abaixo como são as instalações da NBA Store em Nova York.