ENTRETENIMENTO
18/02/2018 11:22 -03 | Atualizado 19/02/2018 12:30 -03

'Mudbound - Lágrimas Sobre o Mississipi' e a marcante presença de Mary J. Blige

Indicada ao Oscar, estrela do R&B e hip-hop desaparece na pele da personagem Florence Jackson.

Divulgação/Netflix
Mary J. Blige e a diretora Dee Rees durante as filmagens de 'Mudbound'.

Mudbound - Lágrimas Sobre o Mississipi retrata o penoso convívio entre uma família branca e uma negra em uma fazenda situada no sul do Estados Unidos. O período é a Segunda Guerra Mundial. A paisagem em questão é quase sempre chuvosa. E os conflitos que emergem das relações nesse tempo e espaço são quase sempre explosivos.

Em pouquíssimas linhas, é esse o enredo da adaptação do romance homônimo da escritora Hillary Jordan, dirigida pela cineasta Dee Rees, em cartaz nos cinemas. Resumir as questões que o filme aborda é um tanto mais difícil. Entre elas estão racismo violento, relações de poder, traumas de guerra, sexismo e até a atuação de seitas como a Ku Klux Klan.

Com quase duas horas e meia de duração e selo Netflix, Mudbound tem elenco estelar, que inclui nomes como Carey Mulligan (As Sufragistas), Jason Clarke (Planeta dos Macacos: o Confronto), Jonathan Banks (Better Call Saul), Rob Morgan (Luke Cage) e Garrett Hedlund (Na Estrada).

Apesar do trabalho expressivo e entrosado de todo o elenco — e da ausência de um protagonista, quem merece os maiores elogios é Mary J. Blige.

Divulgação/Netflix
Filme com selo Netflix concorre em 4 categorias do Oscar 2018.

Mais conhecida como megaestrela do R&B e do hip-hop que já vendeu cerca de 50 milhões de discos, a cantora norte-americana praticamente desaparece na pele da personagem Florence Jackson, mulher marcada pelas agruras da vida, que tudo vê mas pouco fala. Uma mulher que se doa para os filhos, para o marido e para a rotina de trabalho árduo no plantio e colheita da fazenda do família McAllan.

Uma mulher, acima de tudo, resiliente.

"Eu sou explosiva e expressiva no palco, mas também sou uma tempestade calma. A razão pela qual Dee me queria para o papel é porque eu tenho esse personagem em mim", disse a atriz em entrevista à IndieWire.

Quando aceitou o papel, a atriz e cantora passava por um momento delicado em sua vida pessoal: o término de um casamento de 12 anos com Kendu Isaacs, seu antigo empresário.

Mary já fez alguns trabalhos na TV e no cinema, incluindo participações nas séries Empire e Black-ish e no filme musical Rock of Ages: O Filme. Para Mudbound, no entanto, ela queria se distanciar da figura mundialmente conhecida. Queria realmente desaparecer na pele da personagem.

Divulgação/Netflix
Carey Mulligan e Jason Clarke formam o casal Laura e Henry McAllan em 'Mudbound'.

Para conseguir se conectar com a personagem - que na trama recebe amor ilimitado do marido - e chegar ao objetivo desejado, ela resolveu fazer aulas com um preparador de atores.

A decisão inédita, pouco comentada por astros e estrelas que decidem dar uma guinada na carreira, foi acertada. Pelo papel, a cantora e atriz concorre ao Oscar 2018 de Melhor Atriz Coadjuvante. E não só.

Ela também está na disputa pela estatueta de Melhor Canção Original por Mighty River, composição feita em parceria com Raphael Saadiq e Taura Stinson – e que encerra Mudbound. Ouça abaixo:

A presença do longa no maior prêmio da indústria do cinema de Hollywood não para por aí.

Há ainda a possibilidade de vitória em Melhor Roteiro Adaptado e de um feito histórico na categoria de Melhor Fotografia. A diretora de fotografia Rachel Morrison disputa a estatueta. É a primeira vez em 90 anos de premiação que uma mulher concorre nesta categoria.

É isso. Você já tem alguns bons motivos para ver Mudbound - Lágrimas Sobre o Mississipi no cinema, para torcer pelo pelo Oscar de Mary J. Blige e pela nova rota da carreira dela.

Assista ao trailer do filme:

Os 25 melhores filmes dos últimos 25 anos segundo o IMDB