ENTRETENIMENTO
08/02/2018 12:00 -02 | Atualizado 18/02/2018 18:34 -03

'The Cloverfield Paradox': Tudo que você precisa saber sobre o universo cinematográfico de J.J. Abrams

Você será especialista no assunto em um instante.

Produção original da Netflix, terceiro filme da série Cloverfield já está disponível na plataforma de streaming.
Divulgação/Netflix
Produção original da Netflix, terceiro filme da série Cloverfield já está disponível na plataforma de streaming.

Não é incomum que trailers de filmes façam sua estreia durante o Super Bowl – Jurassic World e Star Wars, estamos pensando em vocês -, mas a Netflix foi além para promover sua mais recente produção original.

Como muitos fãs haviam previsto, o terceiro filme da série Cloverfield teve seu trailer lançado durante um dos intervalos do Super Bowl. Em seguida, porém, a Netflix pegou todos de surpresa, anunciando que The Cloverfield Paradox estaria disponível online assim que a partida de futebol americano terminasse.

É claro que essa informação alvoroçou os fãs da franquia produzida por J.J. Abrams, e em questão de minutos o título Cloverfield Paradox era um dos tópicos mais comentados no Twitter – roubando atenção de Justin Timberlake, do trailer do filme sobre Han Solo e até da própria partida de futebol americano.

Se você não está familiarizado com o universo de Cloverfield, esse barulho todo não deve estar fazendo muito sentido. Mas não se preocupe, a gente explica tudo.

A seguir, as informações sobre tudo que está relacionado a Cloverfield.

Bem... o que é Cloverfield?

Vamos começar pelo começo.

Intitulado simplesmente Cloverfield (no Brasil, Cloverfield – Monstro), o primeiro filme chegou aos cinemas em 2008, mostrando seis habitantes de Nova York tentando escapar da cidade quando ela é atacada por monstros diversos.

A história é relatada com a técnica do "found footage" (imagens encontradas – passando a impressão de que seria um documentário gravado em vídeo, NT). Num esforço para conservar o sigilo em torno do enredo, J.J. Abrams criou roteiros falsos para ser usados nas audições, e, quando os atores ganharam seus papéis, eles não sabiam o que iam filmar de fato.

O segundo filme, Rua Cloverfield, 10, chegou aos cinemas em 2016, apenas dois meses depois de seu primeiro trailer ser lançado.

Moviestore Collection/REX/Shutterstock
The first film's poster arrived back in 2008 

Esses dois filmes da franquia tiveram lançamentos cinematográficos tradicionais, e Cloverfield virou cult graças em grande medida a campanhas de marketing viral realmente impressionantes.

O marketing do segundo filme incluiu um jogo de realidade alternativa que os fãs tinham que completar para descobrir o título e a data de lançamento do filme.

Depois das campanhas de divulgação elaboradas usadas nos dois primeiros filmes, foi ainda mais surpreendente a decisão de deixar a própria distribuidora divulgar este terceiro filme sem qualquer aviso anterior, como Beyoncé com um de seus álbuns. E isso talvez explique porque todo o mundo endoidou quando o trailer foi revelado no meio do Super Bowl.

Mas o título, propriamente dito, tem uma explicação bastante mundana: Clover Field é a saída da rodovia que J.J. Abrams segue quando vai para o escritório da produtora Bad Robot.

Os filmes são uma trilogia propriamente dita?

Não. Os três são ambientados no mesmo universo, mas não há uma sequência cronológica entre eles, e as ligações entre os diferentes filmes não são óbvias.

Diferentemente das franquias tradicionais, Cloverfield é um termo que abarca várias coisas: cada um dos filmes conta uma história diferente, mas com temas e elementos de horror semelhantes. É um pouco como funciona a série Black Mirror, com uma diferença ligeira: cada história Cloverfield acontece no mesmo universo.

Paramount Pictures/Bad Robot/Kobal/REX/Shutterstock
Mary Elizabeth Winstead and John Goodman in '10 Cloverfield Lane' 

No primeiro filme, Cloverfield "é o termo usado pelo governo para designar os acontecimentos provocados pelo monstro", como explicou anteriormente o diretor Matt Reeves.

"É como o caso foi designado. É por isso que a palavra 'Cloverfield' está no trailer. Isso fica mais claro no filme. É como eles aludem a esse fenômeno ou caso."

As coisas ficaram mais evidentes no segundo filme: Rua Cloverfield, 10, era o endereço onde a história acontecia.

Não vamos estragar o terceiro filme para você, mas o título é obviamente "o paradoxo Cloverfield", então você não deve demorar muito a ter uma ideia.

Quem trabalha no novo filme?

The Cloverfield Paradox tem um elenco impressionante, liderado por Gugu Mbatha-Raw, que você deve reconhecer do episódio San Junipero de Black Mirror.

Contracenam com ela, entre outros, David Oyelowo (Selma – Uma Luta pela Igualdade), Elizabeth Debicki (Guardiões da Galáxia) e Chris O'Dowd (Missão Madrinha de Casamento).

Como observou no Twitter a diretora de Selma, Ava Duvernay, há muito o que elogiar em matéria do elenco e equipe técnica:

"Thriller de ficção científica liderado por mulher negra lançado mundialmente + data com grande divulgação da Netflix para diretor negro, seu superprodutor e elenco de pessoas de diferentes etnias. Sem divulgação anterior na mídia, anúncios, trailer. Direto para a população. Mudando as regras do jogo. Parabéns ao diretor #JuliusOnah + meus queridos JJ, Gugu, David. #Cloverfield"

O que os críticos disseram sobre The Cloverfield Paradox?

A imprensa não teve acesso ao filme antes de sua estreia, então os críticos tiveram que fazer como o resto de nós e ir correndo para a Netflix assim que o Super Bowl terminou.

Depois de devorar o filme, muitos críticos anunciaram seus vereditos online e, infelizmente, as resenhas não foram positivas.

Escrevendo no Hollywood Reporter, John DeFore não moderou sua linguagem, dizendo que o novo Cloverfield é "um filme de ficção científica que é um desastre, decidido a estender uma franquia que deveria ter morrido pacificamente exatamente uma década atrás". Benjamin Lee, do Guardian, declarou o filme "um caos monstruoso". Ui.

Esta será a última parte da franquia?

Não. Embora a maioria das coisas ligadas a Cloverfield geralmente seja um segredo guardado a sete chaves, os fãs conseguiram deduzir que um quarto filme já está sendo produzido e pode ficar pronto já em outubro de 2018.

No momento acredita-se que o título pode ser Overlord, mas achamos provável que isso mude antes de ele ser lançado. Uma sinopse do enredo (obtido via Reddit) diz: "Dois paraquedistas caem atrás das linhas inimigas quando seu avião despenca durante uma missão para destruir uma torre de rádio alemã numa cidade pequena na Normandia durante a invasão do Dia D.

"Depois de alcançar seu alvo, os dois paraquedistas percebem que, além de combater soldados nazistas, eles precisam lutar contra forças naturais que são frutos de um experimento secreto."

"The Cloverfield Paradox" já está disponível no Netflix.

Este texto foi originalmente publicado no HuffPost US e traduzido do inglês.