MULHERES
23/01/2018 13:29 -02 | Atualizado 23/01/2018 13:35 -02

Rachel Morrison: A primeira mulher indicada na categoria de 'Melhor Fotografia' no Oscar

Em uma área dominada por homens, ela conquistou seu lugar com o longa 'Mudbound: Lágrimas sobre o Mississippi'.

Rachel Morrison no Women In Film's 2013 Crystal + Lucy Awards em 2013.
WireImage
Rachel Morrison no Women In Film's 2013 Crystal + Lucy Awards em 2013.

Uma indicação histórica.

Em uma categoria comumente dominada por homens, Rachel Morrison, de 39 anos, é a primeira mulher a ser indicada ao Oscar na categoria de 'Melhor Direção de Fotografia". Ela é responsável pela fotografia do filme Mudbound: Lágrimas sobre o Mississippi, dirigido também por uma mulher, Dee Rees. A nomeação de Morrison é a primeira na categoria após 651 indicações masculinas desde 1929.

No prêmio, que em 2018 completa 90 edições, o filme concorre ao lado de grandes apostas como Blade Runner 2049, O destino de uma nação, Dunkirk e A forma da água, todos igualmente dirigidos por homens.

Responsável pela direção de fotografia de Blade Runner, Roger Deakins já foi indicado ao Oscar 14 vezes. Já Bruno Delbonnel, de O destino de uma nação, concorre pela quinta vez. O suíço Hoyte Van Hoytema, de Dunkirk, é novato, assim como Rachel e o dinamarquês Dan Laustsen, de A forma da água.

C Flanigan via Getty Images
Mako Kamitsuna, Angie Wells, Dee Rees, Tamar-Kali e Rachel Morrison.

Adaptado do romance homônimo de Hillary Jordan, de 2009, Mudbound conta a história épica de duas famílias, uma negra, a outra branca, que tem suas vidas entrelaçadas durante o período de segregação racial nos Estados Unidos, na era das leis Jim Crown. Ligados pela relação de proprietário e inquilino em uma fazenda compartilhada no Mississippi, o elo e os conflitos entre os personagens se intansificam quando os filhos de cada família retornam da Segunda Guerra Mundial. Tudo isso em uma paisagem de admirar (no qual a responsável tem nome). O filme é uma produção em conjunto com a Netflix.

Além de Morison e Rees, o filme conta com uma produção feminina. O "quase western" é um trabalho de mulheres como a maquiadora Angie Wells, a compositora Tamar-kali, a engenheira de som Pud Cusack e a editora Mako Kamitsuna (foto acima). Sem falar na atuação de Mary J. Blige, que também foi indicada à categoria de Melhor Atriz Coadjuvante por sua atuação no filme. Ela foi indicada na mesma categoria ao Globo de Ouro. A estreia de Mudbound está prevista para o dia 22 de fevereiro no Brasil.

Assista ao trailer.

Rachel, com mais de dez anos de carreira, foi responsável pela direção de fotografia de filmes como Fruitvale Station, com Michael B. Jordan e o aguardado Pantera Negra, novo longa da Marvel, que estreia em 15 de fevereiro no Brasil. Antes da indicação ao Oscar, ela já havia sido indicada ao Emmy pelo documentário What happened, Miss Simone (O que aconteceu, Senhora Simone?, em tradução livre) sobre a vida de Nina Simone, de 2015, ao lado de Igor Martinovic, produzido pela Netflix.

Os indicados ao Oscar foram anunciados na manhã desta terça-feira (23). A cerimônia está marcada para o dia 4 de março e será comandada pelo comediante e apresentador Jimmy Kimmel.

😉