LGBT
09/01/2018 16:17 -02 | Atualizado 10/01/2018 00:06 -02

A reação da família do Artur ao saber de sua transição de gênero é um verdadeiro exemplo

'Agora vocês não tem uma filha, uma sobrinha, uma prima, mas um filho, um sobrinho, um primo'.

"Eu não sei como começar a falar isso sem paracer uma bomba, mas..."

Com uma certa apreensão, mas com coragem. Foi assim que o estudante de administração, Artur Monterisi, de 20 anos, começou a contar para a sua família, na noite do último Natal, que decidiu fazer a sua transição de gênero há pouco mais seis meses. Mesmo com mudanças visíveis em sua aparência, alguns membros da família ainda não tinham conhecimento da decisão.

O anúncio foi filmado e postado em sua página do Facebook e no Twitter, até o momento, em ambas das redes sociais, o conteúdo está com mais de 360 mil visualizações -- e o que chama atenção, mesmo, não é o nervosismo dele mas sim, a reação amorosa e acolhedora da família.

Uma reação que não poderia ter sido melhor.

Assista ao vídeo:

"Eu conversei com a minha mãe no começo desse ano (2017) e a gente começou a fazer um processo de transição de gênero. Então, a partir de agora vocês não têm mais uma sobrinha, uma neta, uma filha, vocês têm um sobrinho, um neto, um filho", diz, no vídeo. "Nasceu!", grita uma de suas tias, ao comemorar. A expectativa? Saber o novo nome. Ao dizer que é Artur, ouve um "seja bem vindo", seguido de uma salva de palmas e abraços de todos.

E, de forma surpreendente, a reação das pessoas que assistiram ao vídeo também foi positiva:

Artur estuda na UFSCar, em Buri (SP) e passou o Natal em São Paulo, onde mora a família. Para ele, a reação foi surpreendente e, por isso, resolveu compartilhar nas redes sociais.

"Eu me surpreendi muito quando eles vibraram. Pensei que iam ficar quietos. Mas não. Isso é raridade o que aconteceu. Foi muito bom receber esse apoio. Fiquei muito feliz", contou em entrevista ao G1.

Um verdadeiro exemplo de amor.

Photo gallery10 momentos históricos da luta LGBT See Gallery