ENTRETENIMENTO
05/01/2018 13:29 -02 | Atualizado 05/01/2018 13:56 -02

Morre Rayya Elias, esposa de Elizabeth Gilbert, autora de 'Comer, Rezar e Amar'

"Ela era meu amor, meu coração, minha melhor amiga..."

Antes de formarem um casal, Rayya e Elizabeth foram melhores amigas por 15 anos.
Reprodução/Instagram
Antes de formarem um casal, Rayya e Elizabeth foram melhores amigas por 15 anos.

A cineasta e escritora síria Rayya Elias morreu nesta semana em decorrência de um câncer no fígado. Ela tinha 57 anos e era esposa de Elizabeth Gilbert, autora do best-seller de Comer, Rezar, Amar.

Elizabeth usou seu perfil nas redes sociais nesta quinta-feira (4) para prestar uma homenagem à companheira. Na legenda de uma imagem em que Rayya aparece tocando um violão, ela escreveu:

"Ela era meu amor, meu coração, minha melhor amiga, minha professora, minha rebelde, meu anjo, minha protetora, minha desafiadora, minha companheira, minha musa, minha bruxa, minha surpresa, meu presente, meu cometa, minha liberadora, minha rock star, minha totalmente impossível não-cooperante, minha visitante de outro mundo, meu portal espiritual e meu baby."

Rayya e Elizabeth eram melhores amigas havia 15 anos.

Elas começaram a namorar em 2016, logo depois que Elizabeth se separou do brasileiro José Lauro Nunes, o personagem Felipe do best-seller. No mesmo ano, Rayya foi diagnosticada com câncer terminal.

As duas oficializaram a união em junho do ano passado.

O livro Comer, Rezar, Amar foi lançado em 2006 e logo se tornou best-seller, vendendo mais de 4 milhões de cópias em todo o mundo.

Em 2010, a obra foi adaptada para o cinema. O longa homônimo traz Julia Roberts no papel Elizabeth, uma jornalista que sai a procura de lugar no mundo e acaba se apaixonando pelo brasileiro Felipe, vivido por Javier Bardem.

Photo gallery 18 livros para entender mais sobre feminismo e direitos das mulheres See Gallery