MULHERES
04/04/2017 11:35 -03 | Atualizado 04/04/2017 12:48 -03

'Mexeu com uma, mexeu com todas': As atrizes globais se unem por fim do assédio na TV

Após denúncia da figurinista Su Tonani, ator José Mayer não participará mais de novela de Aguinaldo Silva.

"Mexeu com uma, mexeu com todas. Chega de assédio"

Com estas duas frases estampadas em suas camisetas, atrizes globais se juntaram contra o assédio sexual nesta terça-feira (4). Taís Araújo, Camila Pitanga, Cleo Pires, Leandra Leal e outras personalidades, publicaram fotos e textos nas redes sociais em apoio á figurinista Su Tonani, de 28 anos, que denunciou assédio do ator José Mayer em texto para o blog #AgoraÉQueSãoElas, da Folha de S. Paulo, na semana passada.

#MexeuComUmaMexeuComTodas #ChegaDeAssédio

A post shared by Leandra Leal (@leandraleal) on

Sophie Charlotte, Débora Falabella, Astrid Fontenelle, Bruna Marquezine, Maria Casadevall, Dira Paes, Mariana Xavier e Drica Moraes também aderiram ao movimento. Outras personalidades como Tati Quebra Barraco, Karol Conká, Caetano Veloso, Bianca Comparato e Giselle Batista também publicaram o manifesto em suas redes sociais.

Na noite desta segunda-feira (3), a Rede Globo enviou um comunicado ao HuffPost Brasil confirmando que o ator José Mayer foi afastado da próxima novela de Aguinaldo Silva, prevista para 2018. A justificativa é que a emissora não quer "dar visibilidade a uma das partes envolvidas numa questão que é visceralmente contra tudo que a Globo acredita".

Leia o comunicado abaixo:

No que diz respeito à escalação, sim, a Globo decidiu não escalar José Mayer para a próxima novela das nove de Aguinaldo Silva, prevista para ir ao ar em 2018. Essa é uma atitude isenta e responsável da Globo de não dar visibilidade a uma das partes envolvidas numa questão que é visceralmente contra tudo que a Globo acredita. E não é uma atitude isolada. A atitude da Globo será sempre essa. A de defender que casos como esse devem ser apurados, ouvindo e oferecendo todo apoio às duas partes, dando possibilidade para que a verdade aflore e criando condições para que não se repitam. Foi isso que fizemos. E é isso que sempre faremos.

De acordo com o site Notícias da TV, o protesto tem o apoio da cúpula da emissora. A direção trata o movimento dos funcionários como "uma manifesfação contra um comportamento social", não como um protesto.

Segundo o jornalista Mauricio Stycer, a decisão de afastar o ator "de qualquer trabalho na Globo ocorreu depois que funcionários organizaram um encontro para discutir o assunto no final de semana. Um representante da emissora participou da reunião na condição de convidado".

O Stycer ainda diz que, nesta segunda-feira (3) a emissora convocou uma reunião extraordinária nos Estúdios Globo com os principais líderes na áres de entretenimento para uma conversa "franca e aberta sobre o tema".

A Globo manteve posicionamento semelhante no caso do cantor Victor Chaves, da dupla Victor & Léo, técnico do The Voice Kids, que foi acusado de agredir sua esposa. O cantor foi indiciado pela Polícia de Minas Gerais nesta terça-feira (4), segundo o G1.

Mayer interpretaria o personagem Sampaio e faria par com Lilia Cabral, repetindo parceria de Fina Estampa (2011).

A denúncia de assédio

GLOBO/ESTEVAM AVELLAR

A denúncia que ganhou rosto e corpo havia sido feita no ínicio de março, de forma anônima, à coluna de Leo Dias, no site iG. Na época, a TV Globo havia emitido uma nota de esclarecimento:

"As relações entre funcionários e colaboradores da Globo se dão em um ambiente de harmonia e colaboração, de acordo com o Código de Ética e Conduta do Grupo Globo. O desrespeito no ambiente de trabalho não é tolerado pela emissora. A Globo não comenta assuntos internos".

No relato mais recente, Tonani veio a público dar detalhes da violência que diz ter sofrido:

"Sim, ele colocou a mão na minha buceta e ainda disse que esse era seu desejo antigo", escreveu.

Segundo a figurinista, o ator passou a elogiá-la em encontros profissionais. As "brincadeiras" invasivas começaram há oito meses, quando Mayer era o protagonista da novela em que ela trabalhava como figurinista assistente.

Frases como "você é muito bonita" e "como você se veste bem" foram evoluindo para "como sua cintura é fina", "fico olhando a sua bundinha e imaginando seu peitinho" ou "você nunca vai dar para mim?", compartilha a profissional.

O ator José Mayer se manifestou sobre a denúncia de assédio feita pela figurinista.

Mayer negou à Folha que tenha assediado sexualmente a colega de emissora.

Ele diz que sempre respeitou as mulheres e seus colegas de trabalho e atribuiu o comportamento denunciado por Tonani a Tião Bezerra, personagem machista que interpretou na novela A Lei do Amor.

"Respeito muito as mulheres, meus companheiros e o meu ambiente de trabalho e peço a todos que não misturem ficção com realidade. As palavras e atitudes que me atribuíram são próprias do machismo e da misoginia do personagem Tião Bezerra... Não são minhas! Nesses 49 anos trabalhando como ator sempre busquei e encontrei respeito e confiança em todos que trabalham comigo."

Após o protesto, a hashtag #MexeuComUmaMexeuComTodas chegou aos Trending Toppics do Twitter.

LEIA MAIS:

- 'As palavras e atitudes são de Tião, minha personagem'

- De 'como você é bonita' a 'quando você vai dar para mim': Figurinista denuncia assédio de Zé Mayer

Opiniões chocantes sobre estupro