ENTRETENIMENTO
12/09/2016 18:18 -03

Anna Muylaert sobre 'Aquarius' fora do Oscar: 'O problema do golpe é dar outros para manter o principal'

Divulgação

Nesta segunda-feira (12), o longa-metragem Pequeno Segredo foi anunciado como representante do Brasil na disputa por uma indicação ao Oscar 2017, na categoria de melhor filme estrangeiro.

Entretanto, a seleção feita por uma comissão especial formada pela Secretaria do Audiovisual (SAv), do Ministério da Cultura (MinC), é uma surpresa.

A obra de David Schurmann ser escolhida pela comissão contradiz as expectativas da opinião pública de que Aquarius, de Kleber Mendonça Filho, seria a aposta brasileira por uma vaga na categoria do prêmio da Academia.

Elogiado pela crítica desde a primeira exibição em maio, no Festival de Cannes, e em cartaz desde o último dia 1º no Brasil, Aquarius tem causado intenso debate político na sociedade brasileira: o filme tem sido associado ao movimento político contra o governo do presidente Michel Temer (PMDB) e o impeachment de Dilma Rousseff (PT) do mesmo cargo.

Na ocasião do festival francês, diretor e elenco protestaram no tapete vermelho contra o governo Temer e chamaram o processo de Rousseff de “golpe”.

Nesta segunda, Mendonça Filho e a cineasta paulistana Anna Muylaert – diretora de Mãe Só Há Uma e Que Horas Ela Volta? – usaram o Facebook para comentar o caso.

Veja abaixo.

"É bem possível que a decisão da comissão esteja em total sintonia com a realidade política do Brasil", escreveu o diretor, do Canadá, onde divulga a obra no Festival de Cinema Internacional de Toronto (TIFF). "É coerente e já esperada."

Muylaert brincou na rede social: "Saiu a versão oficial: Aquarius foi preterido porque Sonia Braga deu pedaladas fiscais".

"O problema de dar um golpe é ter que dar mais infinitos golpes para manter o golpe principal", escreveu.

"Escolher outro filme para representar o Brasil agora – um que ninguém viu – não é apenas uma derrota para Aquarius, é antes de tudo uma mudança de rumo nos paradigmas de qualidade que viemos construindo todos nós juntos há anos."