NOTÍCIAS
28/03/2016 08:15 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

Número de mortos em ataques em Bruxelas sobe para 35, diz ministra da Saúde

Sylvain Lefevre via Getty Images
BRUSSELS, BRUXELLES-CAPITALE, REGION DE - MARCH 27: People gather in the Place de la Bourse to pay tribute to the 31 victims of the attacks in Brussels last week, on March 27, 2016 in Brussels, Belgium. The peaceful gathering in the Place de la Bourse was disrupted by right-wing protesters in what is believed to be a demonstration in reaction to last week's terrorist attacks in Brussels. The protest was later dispersed by riot police using water cannons. (Photo by Sylvain Lefevre/Getty Images)

O número de mortos dos ataques a bomba de terça-feira no aeroporto de Bruxelas e em um vagão do metrô subiu para 35, disse a ministra da Saúde belga, Maggie De Block, nesta segunda-feira (28).

"Quatro pacientes morreram no hospital. Equipes médicas fizeram tudo que era possível. Total de vítimas: 35. Coragem para todas as famílias", disse a ministra em publicação no Twitter.

O número inclui três suspeitos homens-bomba. Mais de 300 pessoas ficaram feridas.

O centro de crises da Bélgica já havia informado anteriormente que 28 das vítimas foram identificadas. Destas, 15 pessoas morreram no aeroporto, sendo seis belgas e nove de outros países.

Das 13 vítimas da explosão no metrô, 10 eram belgas e três estrangeiras.

Os estrangeiros mortos nos ataques eram de nacionalidade britânica, chinesa, holandesa, francesa, alemã, italiana, sueca e norte-americana.