NOTÍCIAS
26/03/2016 19:10 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

Estudante brasileira do Ciência Sem Fronteiras é encontrada morta na Espanha

Reprodução

A estudante da Universidade Federal do Ceará (UFC), Ana Cristina Soriano, foi encontrada morta nesta sexta, 25, em Barcelona, na Espanha, Ana estudava engenharia de software e estava na Europa fazendo intercâmbio pelo Ciência Sem Fronteiras. O Consulado do Brasil na Espanha já entrou em contato com a família para acertar o translado para a cidade Parambu, onde a jovem morava, no interior cearense.

A jovem se formaria no final deste ano. Cristina estava em Barcelona há seis meses. A família foi informada da morte da estudante pelo casal de brasileiros, que são proprietários da casa onde ela alugava o quarto. Segundo o Consulado Brasileiro, Cristina foi encontrada morta, deitada na cama. A família acredita que Ana Cristia tenha morrido de causas naturais.

¡El Almendro dejando Barcelona aún más linda!

Publicado por Cristina Soriano em Segunda, 8 de fevereiro de 2016

Em nota, a Universidade Federal do Ceará informa que o fato foi comunicado ao Consulado do Brasi, que acompanha as providências junto às autoridades espanholas em Barcelona.

“A Reitoria da Universidade Federal do Ceará, a Coordenadoria de Assuntos Internacionais e a diretoria do Campus Quixadá também acompanham o caso. Hoje, logo que tomou conhecimento, o Reitor Henry de Holanda Campos entrou em contato com a família para manifestar solidariedade e assegurar o apoio necessário no que compete à UFC. Ainda não há informações sobre traslado do corpo da estudante para o Brasil”.

LEIA MAIS:

- Escolas ensinam a lidar com as emoções

- Professor brasileiro é indicado ao 'Nobel da Educação' e defende mais mulheres na ciência