NOTÍCIAS
21/03/2016 14:08 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

Fachin analisará pedido de Lula para anular decisão de Gilmar Mendes

Montagem/STF/Instituto Lula

O ministroLuiz Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, foi sorteado para julgar o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para anular a decisão do ministro Gilmar Mendes, também do STF.

Mendes devolveu ao juiz Sérgio Moro as investigações que envolvem o ex-presidente na Operação Lava Jato.

Apesar do esforços do petista, no Tribunal, porém, a percepção é que é muito difícil um ministro derrubar a decisão de outro por meio de um instrumento como esse.

Na sexta-feira, além de encaminhar as investigações contra Lula para a primeira instância, o ministro Gilmar Mendes também suspendeu a posse de Lula como chefe da Casa Civil.

O governo recorreu e pediu para que o caso fosse levado ao plenário da Corte, para que fossem apreciadas ações sobre o mesmo tema que estão com o ministro Teori Zavascki.

Os julgamentos, porém, não devem ocorrer esta semana. Diferentemente de outros órgãos, o feriado de Páscoa no Judiciário começa na quarta e termina no domingo. A benesse é respaldada por uma lei, que organiza o calendário da Justiça Federal da primeira instância.

As decisões em plenário só serão retomadas no próximo dia 30.

LEIA TAMBÉM:

- 'O povo paulista jamais será petista', diz Doria após vencer prévias do PSDB

- AGU pede nova liminar ao STF para nomear Lula ministro

- Diretor critica PT em peça sobre Chico e público responde com 'Não vai ter golpe'