COMPORTAMENTO
18/03/2016 18:06 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

A frase que mudou minha vida completamente

Quem disse que a adolescência seria a época mais difícil e incerta da vida estava tão errado. Nunca me senti mais insegura de mim mesma que nos meus 20 e poucos anos.

Tinha acabado de me formar na faculdade e estava começando a entender essa coisa da vida adulta – arrumei um emprego, achei um lugar para morar e consegui equilibrar a vida social com o trabalho. As coisas estavam indo de acordo com o plano, até que não estavam mais. De repente, meu pai morreu de câncer, e parecia que nada a voltaria a ser bom de novo.

Duvidava das minhas decisões e, ao mesmo tempo, achava que todas as outras pessoas tinham entendido como a vida funcionava. Me sentia trapaceada: meu luto era debilitante; meu trabalho começou a perder o brilho; não tinha a conta bancária que queria; não gostava de como estava me sentindo por dentro, que se traduzia em como eu me sentia sobre minha aparência e como eu agia.

Estava irritada... o tempo todo. Estava cansada de ver os amigos progredindo na vida adulta, enquanto para mim cada dia parecia um obstáculo. Estava triste dos pés à cabeça, por dentro e por fora -- até ouvir a frase que literalmente mudou minha vida.

Se você não pode mudar uma situação, mude de ideia.

Estava no meio de uma aula de ioga, e parecia que o professor estava falando diretamente para mim. Não me lembro que pose estávamos fazendo, a música que estava tocando ou o dia da semana, mas lembro que aquelas palavras reverberaram nos meus ossos. Foi um alerta, e decidi prestar atenção.

O luto é real. E as coisas que me arrastavam para baixo estavam além do meu controle, mas só eu poderia administrar minha atitude. Então comecei de novo. Protegi ferozmente minha atitude e minhas reações, como uma mãe-urso protege seu filhote. Sempre fora uma pessoa feliz e queria voltar a ser assim.

Escrevi a frase em post-its e os colei em toda parte: no espelho do quarto, na capinha do celular e no teclado do computador. Rabisquei a frase na minha lista de afazeres e no meu diário. Repetia para mim constantemente. Queria me sentir melhor, e agora tinha um plano. Timing é tudo. Se eu não estivesse pronta, o melhor conselho da minha vida poderia ter caído em ouvidos moucos. Mas eu realmente queria me sentir melhor.

Lentamente, mudei de hábitos. “Se você não pode mudar uma situação, mude de idéia” se tornou minha resposta predileta para tudo, de um vagão do metrô claustrofóbico a encontros terríveis e brigas com amigos. Claro que houve dias em que me senti mal, apesar de meus esforços. E ainda há momentos em que sou dominada pela negatividade.

Mas fiz uma promessa para mim mesma: acordar todos os dias e tentar. Ficar irritada e chateada não vai mudar as situações em que eu me encontrar -- na verdade, geralmente só piora as coisas. Mudar algo que eu possa controlar, como minha cabeça, fez toda a diferença.

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost US e traduzido do inglês.

LEIA MAIS:

- Como ser a pessoa mais positiva que você poderia ser

- Emoções no Facebook são contagiosas, afirma estudo

- Cinco verdades sobre o luto