NOTÍCIAS
13/03/2016 18:38 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:40 -02

Marta Suplicy nega ter sido expulsa de protesto contra PT

Divulgação

A senadora Marta Suplicy (PMDB-SP) nega que tenha sido expulsa de protesto contra o PT e a presidente Dilma Rousseff em São Paulo neste domingo (13).

Mais cedo, a notícia foi veiculada pelo G1 e reproduzida pelo HuffPost Brasil.

Em nota, a assessoria da pré-candidata a prefeita da capital paulista afirma que a reação negativa a ela foi isolada: de um senhor que "exclamou em voz alta a frase 'PMDB é igual ao PT'".

Seguem a íntegra da nota e as imagens de Marta com manifestantes:

"Sobre a noticia que está sendo, neste momento, veiculada pelo site G1, relantando uma eventual situação de hostilidade em relação à Senadora Marta Suplicy, antes de ter deixado o protesto de hoje na Avenida Paulista, a bem da verdade, faz-se necessário esclarecer que não reflete a realidade.

Marta entrou na Avenida Paulista pelo prédio da Fiesp e se integrou aos protestos, sendo positivamente saudada por centenas de manifestantes que o tempo todo vinham ao seu encontro para cumprimentá-la e fazer fotografias ao lado de simpatizantes e seus familiares.

Registre-se que uma única pessoa, um senhor acompanhado de uma mulher, exclamou em voz alta a frase PMDB é igual ao PT.

Ao final de muitas saudações e cumprimentos e de várias entrevistas dadas, Marta, que não estava acompanhada de seguranças, mas sim ladeada por militantes da juventude do PMDB, retirou-se da manifestação sem nenhum tipo de hostilidade."

Galeria de Fotos Famosos contra o PT e a corrupção Veja Fotos