NOTÍCIAS
06/03/2016 11:44 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:38 -02

Com duas vitórias, Ted Cruz 'reivindica' posto de principal rival republicano de Trump

WASHINGTON (Reuters) - O republicano Ted Cruz solidificou sua pretensão de ser o principal rival do líder da disputa interna Donald Trump, dividindo quatro vitórias em votações para nomeação com o

Chip Somodevilla via Getty Images
DETROIT, MI - MARCH 03: Republican presidential candidates (Lto R) Donald Trump and Sen. Ted Cruz (R-TX) greet each following a debate sponsored by Fox News at the Fox theatre on March 3, 2016 in Detroit, Michigan. Voters in Michigan will go to the polls March 8 for the State's primary. (Photo by Chip Somodevilla/Getty Images)

Ted Cruz e Donald Trump conseguiram, cada um, duas vitórias na rodada de votações realizada em quatro estados neste sábado (5), dando novas evidências de que não há sinais de um fim rápido para a fragmentada corrida republicana à presidência dos Estados Unidos.

Do lado Democrata, Bernie Sanders venceu em Nebraska e Kansas, enquanto a principal candidata Hillary Clinton levou Louisiana, em outro resultado dividido.

Cruz, um senador texano, venceu em Kansas e Maine, e declarou que sua vitória nesses dois estado é "a manifestação de uma verdadeira mudança". Trump, por sua vez, ainda favorito na disputa por delegados, levou Louisiana e Kentucky.

No quadro geral, Trump lidera a corrida republicana, com pelo menos 375 delegados, enquanto Cruz tem, pelo menos, 291. Rubio tem 123 delegados e Kasich, 33. São necessários 1.237 delegados para ganhar a nomeação republicana para presidente.

Entre os democratas, Hillary Clinton tem pelo menos 1.117 delegados, enquanto Sanders fica com 477, incluindo superdelegados - membros do Congresso, governadores e autoridades do partido que podem dar apoio ao candidato que preferirem.

São necessários 2.383 delegados para vencer a nomeação democrata. Havia 109 em jogo neste sábado.

Sendo assim...

O republicano Ted Cruz solidificou sua pretensão de ser o principal rival do líder da disputa interna Donald Trump, dividindo quatro vitórias em votações para nomeação com o magnata do setor imobiliário.

Agora ambos voltam as atenções para um confronto crucial em Michigan, na próxima terça-feira (8).

As vitórias para Trump e Cruz neste sábado (5) foram um revés para os republicanos que em grande parte se alinharam a Marco Rubio, um senador norte-americano que ficou de fora nas quatro disputas.

A campanha republicana se volta para Puerto Rico no domingo, e votações na terça-feira em Michigan, Mississippi, Idaho e Havaí, onde Trump vai procurar expandir sua liderança na disputa para a escolha dos candidatos à eleição presidencial de 8 de novembro para a sucessão do presidente Barack Obama.

No lado democrata, a principal candidata Hillary Clinton ganhou no sábado, em Louisiana, e o rival Bernie Sanders ganhou no Kansas e em Nebraska, com resultados que ampliaram ligeiramente a vantagem de Hillary sobre o senador de Vermont.

Os democratas têm nova disputa em Maine no domingo, além de um debate à noite transmitido nacionalmente de Flint, Michigan, uma cidade empobrecida, com maioria negra, e que sofreu uma crise de saúde causada ​​por uma fonte de água contaminada.

Democratas também vão votar na terça-feira em Michigan e Mississippi.

(Com informações da Reuters e Estadão Conteúdo)

LEIA MAIS:

- Polarizou total! Bernie Sanders e Donald Trump vencem primárias em New Hampshire

- Para Obama, discurso de Trump sobre Estado da União seria possível só no 'Saturday Night Live'

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: