NOTÍCIAS
05/03/2016 16:25 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:38 -02

Em clima de 'solidariedade', Dilma e Lula conversam sobre 'abuso' da Lava Jato

Ricardo Stuckert/ Instituto Lula

Em clima de 'solidariedade' e 'alegria', segundo relatou o deputado Vicente Paulo da Silva (PT-SP), conhecido como Vicentinho, a presidenteDilma Rousseff e o ex-presidente Lula conversaram por cerca de uma hora neste sábado (5) sobre os 'abusos' da Operação Lava Jato.

Na 24 ª fase da investigação, deflagrada na sexta-feira (4), o principal alvo foi o ex-presidente. Ele foi levado coercitivamente pela Polícia Federal para prestar depoimento. De acordo com os investigadores, há evidências de que ele recebeu dinheiro desviado da Petrobras.

Acompanhada do ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, a presidente chegou à casa de Lula e cumprimentou a militância que faz vigília no local. Ela foi recebida aos gritos de "não vai ter golpe". Dilma, Lula e a esposa do ex-presidente, Marisa Letícia, acenaram aos manifestantes.

Segundo Vicentinho, o encontro foi bom e eles falaram sobre o "abuso cometido" pelo juiz Sérgio Moro. Para ele, "a ação comprova um conluio entre Moro, PSDB e as elites que não querem Lula no poder". O clima era "de solidariedade e alegria".

(Com informações do Estadão Conteúdo)

LEIA TAMBÉM:

- Dilma fica inconformada com atuação da Polícia Federal e defende Lula

'

- Alvo da operação Lava Jato, ex-presidente Lula ataca Ministério Público e imprensa: 'Por que a Rede Globo não me empresta um sítio?'

- Lava Jato: Investigadores veem indícios de favorecimento de Lula por empreiteiras

- Depoimento de Lula na Polícia Federal de Congonhas é marcado por confusão (VÍDEOS)

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: