NOTÍCIAS
03/03/2016 20:32 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:38 -02

Nem depois de se tornar réu Cunha perde apoio de parlamentares

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Mesmo após a decisão do Supremo Tribunal Federal de tornar o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), réu na Operação Lava Jato, a adesão dos parlamentares ao Fora Cunha ainda é baixa.

Alguns parlamentares de partidos da oposição tentam se organizar para enfrentar o parlamentar, mas faltam medidas energéticas. A previsão é que façam obstruções às sessões ordinárias e deixem de participar das reuniões de líderes comandadas pelo peemedebista.

Ainda assim, partidos da base estão fora da empreitada assim como o DEM, que chegou a batalhar pela investigação de Cunha no Conselho de Ética.

O deputado Chico Alencar (PSOL-RJ) cobrou apoio dos deputados. “O Supremo fez a parte dele. Temos de fazer a nossa. Um réu na condição de presidente da Câmara é uma anomalia”, pontuou.

Publicamente, entretanto, poucos parlamentares defendem o presidente da Casa. Surpreendeu na quarta-feira (2) quando o deputado Laerte Bessa (PR-DF) subiu à tribuna para prestar solidariedade ao deputado.

“Os colegas estão pré-julgando o senhor aqui, estão pré-julgando vossa excelência, tá cheio de juiz aqui a Casa. Nós temos que respeitar o direito que vossa excelência tem de se defender lá no Supremo Tribunal."

Conselho de Ética

A situação de Cunha no Conselho de Ética tem gerado divergência entre os parlamentares. No texto de admissibilidade aceito pelos integrantes do colegiado consta apenas que o deputado mentiu à CPI da Petrobras ao negar que tinha contas no exterior.

Segundo o deputado Sílvio Costa (PTdoB-PE), a apelação ficou desidratada, nunca nenhum deputado foi afastado por mentir. Já outros parlamentares defendem que o que vale é o relatório final e que neste o relator poderá incluir as denuncias da Operação Lava Jato.

LEIA TAMBÉM:

- Aêê! Processo de cassação de Eduardo Cunha é aberto no Conselho de Ética

- Decisão unânime do Supremo torna Cunha réu na Lava Jato

- ASSISTA: Por que eles não querem cassar Cunha? Aliados dão seus motivos

- ‘Agressivo e dado a retaliação', define Janot sobre Cunha

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: