NOTÍCIAS
01/03/2016 12:34 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:34 -02

'Ouvir perguntas sobre ser gay aos 15 me impediu de sair do armário', conta Ian Thorpe, megacampeão olímpico da natação

O megacampeão olímpico Ian Thorpe acredita que ter se tornado um alvo constante da imprensa o deixou confuso, fazendo com que ele levasse muito mais tempo para falar abertamente como um atleta gay.

Cinco vezes medalha de ouro nas Olimpíadas, Thorpe disse que a primeira vez que lembra ter ouvido especulações sobre sexualidade foi quando tinha apenas 15 anos.

"Se eu tivesse tido um pouquinho mais de tempo quando era mais jovem eu teria saído do armário, porque estaria confortável com isso", disse, durante o lançamento de um festival de cinema em Sydney, Austrália, a terra natal do atleta.

"Para mim, quando me assumi publicamente, foi incrível receber tanto carinho das pessoas". Thorpe assumiu a homossexualidade em 2014, encerrando anos de especulações. A demora fez o atleta dizer que sentia vergonha de não ter saído armário mais cedo.

O nadador está envolvido agora o The Bully Project, uma série de documentários, para falar sobre bullying. Um quarto das crianças australianas relatam terem passado por problemas relativos com o bullying.

"É uma vergonha", conta o campeão. E ele não está falando do que passou com a imprensa. Mas bem que poderia.

LEIA TAMBÉM:

- Técnico campeão da NBA torce para atletas gays saírem do armário

- Gigante do futebol inglês manda beijos de luz e cria grupo de torcedores LGBT

- Deixado pela Nike, boxeador reafirma posições homofóbicas

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: