NOTÍCIAS
19/02/2016 14:58 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:32 -02

STF manda soltar 1º senador preso da República, Delcídio do Amaral (PT-MS)

Geraldo Magela /Agência Senado

O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal, revogou a prisão do senador Delcídio do Amaral. Relator dos processos da Lava Jato, Zavascki estabeleceu que o senador poderá comparecer as sessões no Senado e determinou que nos dias de folga e durante a noite, o senador deverá ficar em casa.

De acordo com a Folha de S.Paulo, as regras valem para o período em que o senador estiver no exercício do mandato. Caso ele seja cassado, o regime passa a ser o de prisão domiciliar em tempo integral.

Delcídio terá que entregar o passaporte à Justiça e está proibido de deixar o País.

O senador está preso desde 25 de novembro por suspeita de tentar atrapalhar as investigações da operação que apura casos de corrupção na Petrobras.

A prisão foi sustentada em uma gravação na qual ele oferece um plano de fuga e R$ 50 mil mensais para o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró. A intenção era evitar que Cerveró fechasse acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal.

LEIA TAMBÉM:

- Conselho de Ética do Senado vai analisar representações contra Delcídio e Randolfe

- Detido, Delcídio Amaral lê autobiografia de guitarrista do Rolling Stones

- Próximo a Lula, Delcídio ‘se descontrolou' ao saber de críticas do ex-presidente

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: