COMPORTAMENTO
17/02/2016 13:37 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:32 -02

Mulheres dos EUA estão aliviando as dores menstruais com supositórios de maconha

A indústria da maconha nos Estados Unidos não brinca em serviço. Você já leu aqui que nem mesmo Bob Marley escapou.

Foria Relief é uma nova forma de tentar explorar o potencial mercadológico da erva. A empresa criou um supositório vaginal que faz une manteiga de cacau e concentrado de THC e CBD, componentes presentes na maconha que prometem relaxar os músculos do corpo feminino, proporcionando alívio.

Cada cápsula contém 60mg de THC e 10mg de canabidiol. Tudo, vale o grifo, sem efeito psicoativo da planta.

Como chegaram no produto? “A região pélvica é a parte do corpo com mais receptores canabinoides, depois do cérebro”, diz o fundador da Foria, Mathew Gerson.

O uso do produto depende da recomendação médica e só pode se comercializado nos estados americanos que legalizaram o uso do produto. O investimento é de US$ 44 para uma caixa com quatro cápsulas.

LEIA TAMBÉM:

- Sem medo de errar, Economist diz que a legalização da maconha venceu

- Bob Marley virou marca de maconha. Será que ele gostaria disso?

- Nos EUA, a maconha legalizada já é mais vendida que Doritos e Cheetos juntos

- Venda de maconha pode render R$ 14,2 bilhões por ano ao Canadá

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: