NOTÍCIAS
15/02/2016 14:25 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:31 -02

‘O PMDB precisa ter a Presidência da República em 2019', diz Temer

Valter Campanato/ Agência Brasil

Em reunião com peemedebistas em Minas Gerais sobre a convenção do partido, em março, o vice-presidente Michel Temer afirmou que o PMDB precisa chegar à Presidência da República em 2018.

De acordo com o G1, o vice, porém, adiantou que não será o candidato.

"Dizer que o PMDB não tem poder político, tem. Nós temos novos prefeitos, vereadores, deputados estaduais, federais, senadores, a Presidência da Câmara dos Deputados, a Presidência do Senado, modestamente a vice-presidência da República, nós temos poder político. O que nós precisamos é ter a Presidência da República em 2018”, disse, segundo o G1.

A principal motivação é a necessidade de colocar os planos do partido em prática. Na reunião, Temer disse que o poder político que o partido tem hoje não é suficiente para tirar os planos do papel.

Segundo ele, enquanto o partido não tiver a “caneta”, tudo ficará no verbo.

"Enquanto nós não tivermos isso, nós ficamos apenas no verbo. E o verbo hoje não tem sido suficiente. Nós temos que ter meio, caneta, para executar aquilo que o verbo peemedebista relata, escreve.”

LEIA TAMBÉM:

- Defesa de Temer também acusa PSDB de não reconhecer derrota nas urnas

- Diferentão! Vice presidente vai rodar o País para 'unificar o PMDB'

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: