Casamentos 4h20: noivos e noivas dos EUA começam a incluir maconha nas festas

Hora do casamento? 4h20, claro.

A indústria cada vez mais poderosa da maconha está ampliando cada vez mais seus horizontes. E se até mesmo celebridades já começaram a fazer endossos para linhas específicas de sementes e plantas, o que seria dos casamentos?

Festa, convidados, lembranças, buquês, roupas, adereços... A lista de tudo que a Love and Marij faz é enorme. Rola até "bar" específico no produto. É chegar, pedir e consumir.

Tudo isso no Colorado, estado que legalizou o uso recreativo e medicinal e já fatura milhões de dólares em impostos.

No último domingo (17) foi a vez da Cannabis Wedding Expo, a primeira feira de exposições temática do combo maconha + casamentos. A variedade, como você pode imaginar, foi enorme.

Expositores, produtores, fornecedores e produtos desenhados para o consumo da erva - bongs personalizados, cachimbo ou seda -. A Love and Marij ainda presta assessoria para fotografia e alimentação. Até aqui, esse tipo de celebração só é possível em quatro estados: Alaska, Colorado, Washington e Oregon, todos ao lado Oeste do país.

Os casamentos canábicos foram muito bem exploradas nesta reportagem do The New York Times. Se quiser se aprofundar mais, dê uma olhadinha.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: