NOTÍCIAS
11/01/2016 22:20 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

As profissões que estarão em alta em 2016 no Brasil

Paper Boat Creative via Getty Images
business, urban, office, corporate, banking, stocks, finance, adult, success, business concept, connection, teamwork, cooperation, community, boardroom, brainstorm, concept, problem solving, solution, agreement, partnership, money, coins, euro, currency, value, depreciation, investment, saving, spending, economy, individuals, leadership, miniature, funny, humorous, giant, tiny, big and small, strategy, fun, studio, trust, choice, responsibility, responsible, reliable, protection, big idea, big picture, the big idea, unity, men only, suit, standing, growth, scale, stairs, money, coins

Como se já não bastasse um 2015 com aumento no desemprego, muitos economistas apostam em mais um ano ruim para o mercado de trabalho no Brasil — com uma taxa de desemprego chegando aos dois dígitos.

Mas, para algumas vagas e perfis profissionais, a crise econômica só fez aumentar ainda mais a procura, segundo um estudo da Michael Page, consultoria mundial em recrutamento executivo de média e alta gestão.

De acordo com os recrutadores, as posições que tendem a absorver novas atribuições e funções dentro das organizações, sobretudo na redução de custos, devem movimentar o mercado de trabalho de 2016.

O diretor da Michael Page, Henrique Bessa, explica que a própria crise motivou as empresas a buscarem profissionais que, em suma, conseguem diminuir despesas e gerar mais eficiência — o conhecido "fazer mais com menos".

“Diante das incertezas macroeconômicas, as empresas estão priorizando profissionais que possuem larga experiência e que, de fato, consigam agregar valor e eficiência ao negócio. O executivo que entender este momento e se colocar à disposição para absorver uma nova função ou dar apoio em mais de uma área pode se destacar facilmente dentro da companhia", observou.

Mercado de trabalho em 2016

As empresas estão investindo menos e reduzindo o quadro de funcionários. Segundo Henrique Bessa, os "tempos difíceis" pedem profissionais que vistam a camisa da empresa, entendendo as dificuldades e trabalhando um pouco mais. "Tem que se adaptar."

Para o diretor da consultoria, não haverá sinal de melhora no mercado de trabalho em 2016:

"Vemos um primeiro semestre muito duro. No cenário em que estamos, não vemos melhora nos próximos 18 meses. Não há facilidade em gerar investimentos, todos os setores estão com dificuldade. As únicas que não estão em crise são as empresas beneficiadas pelo câmbio, como de papel e celulose."

É justamente na crise que alguns cargos devem ser mais requisitados pelas empresas.

Profissionais ligados às áreas financeira, jurídica, marketing, tecnologia e logística estão sendo disputados para controlar gastos, dar mais eficiência com menos custo, negociar dívidas e aquisições de empresas e diminuir gargalos na produção e na distribuição.

Veja abaixo quais são os profissionais mais procurados em 2016:

Galeria de Fotos As profissões mais demandadas em 2016 Veja Fotos

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: