ENTRETENIMENTO
31/12/2015 12:32 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

13 lições de diversidade que os quadrinhos de super-heróis deram em 2015

A diversidade nunca esteve tão em alta no meio dos quadrinhos de super-heróis.

Marvel e DC Comics, as principais editoras de super-heróis, são conhecidas por criar personagens que pertencem a minorias em representatividade, como pessoas LGBT, mulheres e negros.

No entanto, hoje elas estão em seu ápice para incorporar a diversidade da vida real às suas histórias. E o ano de 2015 foi excepcional nesse sentido.

O Homem de Gelo, um dos membros fundadores dos X-Men, se assumiu como gay. Uma capa em que a Batgirl é vítima de violência – em uma cena sinistra – foi cancelada e gerou um pedido de desculpas. Um cientista coreano genial é o novo Hulk.

Estes são alguns exemplos de como os quadrinhos de super-heróis estão atuais e criativos como nunca. Abaixo, você encontra mais alguns:

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: