NOTÍCIAS
22/12/2015 12:42 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

'Segurança gato' do metrô de SP agride estudante durante confusão após protesto na Estação Sé (VÍDEO)

Montagem/Facebook e Estadão Conteúdo

O modelo e segurança do metrô de São Paulo, Guilherme Leão, de 23 anos, voltou a ser notícia nesta terça-feira (22). Se no ano passado ele chamou a atenção em todo o Brasil pela sua aparência física, desta vez ele foi protagonista tirando vantagem do seu porte físico ao agredir um estudante dentro da Estação Sé, da Linha 3-Vermelha do metrô paulistano, no centro da capital.

Após um protesto de estudantes secundaristas na tarde de segunda-feira (21), alguns entraram na estação para embarcar – segundo os seguranças, um grupo queria pular as catracas. Um dos jovens, Heudes Cássio Oliveira, de 18 anos, aluno do 3º ano do ensino médio da Escola Estadual Fernão Dias, em Pinheiros, acabou encurralado pelos seguranças.

A denúncia foi feita primeiramente pelo coletivo Jornalistas Livres.

SEGURANÇA GATO DO METRÔ É UM COVARDEPor Jornalistas Livres.A segurança do metrô de São Paulo é conhecida por sua...

Posted by Jornalistas Livres on Segunda, 21 de dezembro de 2015


Ligado também ao Movimento Passe Livre (MPL), Heudes foi um dos líderes na primeira escola a ser ocupada com estudantes que não querem a reorganização do ensino estadual paulista – medida que, posteriormente, foi revogada pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) e proibida em 2016 pela Justiça. O ato de segunda-feira era justamente mais um contra o projeto do Palácio dos Bandeirantes.

Nas imagens, o estudante aparece correndo dos seguranças e é atingido pelos cassetetes várias vezes. Em uma delas, o homem que aparece é Guilherme Leão, que acaba inclusive sendo contido por um colega do metrô.

Um outro vídeo, do coletivo Observadores Legais e compartilhado pelos Advogados Ativistas, mostra mais detalhes do tumulto.

Cenas chocantes! Mais uma vez a Síndrome do Pequeno Poder, que seria segundo a psicologia uma atitude de autoritarismo...

Posted by Advogados Ativistas on Terça, 22 de dezembro de 2015


No ano passado, Leão virou notícia ao seu eleito como o ‘segurança mais gato’ do metrô da capital. Com 1,87m e musculoso, o segurança é modelo há cinco anos, tendo realizado trabalhos inclusive fora do País, conforme disse em julho deste ano ao GShow.

“Continuo trabalhando lá sim, mas faz um tempo que estou em um grupo descaracterizado. Depois do boom, estava complicado conseguir trabalhar normalmente por causa do assédio. As pessoas me paravam para tirar foto, conversar, elogiar, cantar... Hoje está mais tranquilo, talvez pelo fato de eu não estar aparecendo frequentemente de uniforme como antes”.

Na página de Leão no Facebook, as primeiras críticas já apareceram.

print

Até o momento, a direção do Metrô de SP não se pronunciou sobre o ocorrido ou a respeito de eventuais excessos ocorridos na Estação Sé.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS:


LEIA TAMBÉM

- ASSISTA: Estudante acusa PM de assédio sexual e racismo durante protesto em SP

- Protesto de estudantes em SP termina com bombas e violência da Polícia Militar

- Estudantes que dobraram o governador Geraldo Alckmin contam suas histórias

- Tucano diz que 'Alckmin não pode ser responsabilizado' por falta de diálogo

- Pitty sobre ocupações em escolas: 'Fiquei feliz em ver as meninas na linha de frente'