COMPORTAMENTO
18/12/2015 19:05 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

'Querido pai, eu vou ser chamada de puta': Este vídeo poderoso quer que você reflita sobre violência contra mulher (VÍDEO)

ATENÇÃO: O vídeo acima pode despertar sensações desagradáveis.

"Querido papai... Eu sei que você já se esforçou mais do que o Super-Homem, mas eu preciso te pedir um favor. Atenção: isso é sobre os meninos".

É assim que o vídeo batizado de Dear Daddy (Querido Papai, em tradução livre), começa.

Criado pela Norwegian Charity Organization CARE, ele é um instrumento que a ONG encontrou para aumentar a conscientização das pessoas sobre violência contra a mulher e mostrar que ela começa desde a infância.

Impactante, o vídeo é narrado pela voz de uma garotinha que faz pedidos ao seu pai antes mesmo de nascer; ela relata situações envolvendo assédio e diversas outras formas de violência que toda mulher passa pelo menos uma vez na vida e ainda sugere possíveis soluções e atitudes dos homens que podem ajudar a mudar esta realidade.

“Porque eu vou nascer uma garota. O que significa que aos 14 anos, os garotos da minha sala vão me chamar de puta, vadia, vaca, e um monte de outras coisas só por diversão, é claro. Coisas que homens fazem. Então você não vai se preocupar. E eu entendo isso, pois talvez você também tenha feito isso quando jovem, tentando impressionar outros meninos.”

Assista ao vídeo acima e ative as legendas para o português.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: