NOTÍCIAS
16/12/2015 22:26 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

Os 11 motivos de Janot para tirar Cunha da Câmara

Montagem/Estadão Conteúdo

Um dia depois das residências do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), terem sido alvo de uma batida policial, a Procuradoria-Geral da República pediu ao Supremo Tribunal Federal que o afaste do cargo de deputado e, consequentemente, da presidência da Casa.

Em um documento de 183 páginas, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, lista uma série de razões para ver Cunha longe do Congresso. Ele chega a dizer que uma medida mais grave seria pedir a prisão preventiva do parlamentar.

Para a PGR, Cunha "tem adotado, há muito, posicionamentos absolutamente incompatíveis com o devido processo legal, valendo-se de sua prerrogativa de Presidente da Câmara dos Deputados unicamente com o propósito de autoproteção mediante ações espúrias para evitar a apuração de sua condutas, tanto na esfera penal como na esfera política”.

Saiba quais são os 11 motivos que sustentam o pedido de afastamento:

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: