NOTÍCIAS
16/12/2015 20:01 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

Milhares vão às ruas contra o impeachment de Dilma Rousseff e favor da queda de Eduardo Cunha

DANIEL TEIXEIRA/ESTADÃO CONTEÚDO

Milhares de pessoas foram às ruas na tarde desta quarta-feira (16) protestar contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff e pedir a cassação do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha.

Sob gritos de "Não vai ter golpe!", "Dilma fica" e "Fora Cunha", os manifestantes fecharam a avenida Paulista por volta das 17h40. Apesar das imagens mostrarem as duas vias da avenida tomadas de gente, a Polícia Militar estima o número de manifestantes em apenas 3.000. Os organizadores não tinham um balanço até a publicação desta reportagem.

O protesto foi organizado por partidos de esquerda e movimentos sociais. Da avenida Paulista, os manifestantes seguiam em marcha até a praça da República, no centro da capital paulistaGrupos feministas que fizeram da Marcha das Mulheres no final de outubro também participaram dos atos desta quarta-feira.

Sempre usando o bom humor, a cartunista Laerte também esteve no protesto e levou uma caixinha de comprimidos de "democracia":

No Rio de Janeiro, manifestantes fizeram um ato em frente ao escritório de Cunha, no centro da cidade. Eles jogaram para o alto notas de dinheiro impressas com a imagem de Cunha.

Os atos acontecem em 21 capitais além do Distrito Federal. Veja, abaixo, imagens do protesto por todo o País:

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: