NOTÍCIAS
16/12/2015 19:27 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

Bolsonaro é condenado a indenizar Maria do Rosário ao dizer que deputada 'não merecia' ser estuprada

Reprodução/WikimediaCommons.com

Jair Bolsonaro (PP-RJ) foi novamente condenado a indenizar a deputada Maria do Rosário (PT-RS) por ter dito que não estupraria ela porque a petista "não merecia". A 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) manteve a decisão da 1ª instância do Distrito Federal tomada em agosto. As informações são do portal Jota.

Além da indenização de R$ 10 mil, a Justiça determinou também que Bolsonaro se retrate das ofensas em jornais de grande circulação. A advogada da deputada já adiantou, no entanto, que a indenização será doada a uma instituição de defesa das mulheres.

Em dezembro de 2014, a deputada discursou sobre a importância da Comissão Nacional da Verdade, e, em seguida, Bolsonaro subiu ao plenário e retrucou: "Há poucos dias você me chamou de estuprador no Salão Verde e eu falei que não estuprava você porque você não merece. Fique aí para ouvir”.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: