ENTRETENIMENTO
14/12/2015 19:09 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

Bill Cosby processa por difamação sete das 46 mulheres que o acusam de estupro

David A. Smith via Getty Images
SELMA, AL - MAY 15: Bill Cosby participates in the Black Belt Community Foundation's March for Education across the Edmund Pettus Bridge on May 15, 2015 in Selma, Alabama. (Photo by David A. Smith/Getty Images)

Bill Cosby vai processar sete das 46 mulheres que o acusam de assédio sexual e estupro.

O ator de 78 anos, nesta segunda-feira (14), entrou com um processo por difamação contra Tamara Green, Therese Serignese, Linda Traitz, Louisa Moritz, Barbara Bowman, Joan Tarshis e Angela Leslie, de acordo com informações divulgadas por sua advogada, Monique Pressley:

Na ação, Cosby alega que as mulheres em questão têm feito "acusações maliciosas, oportunistas, falsas e difamatórias contra ele". E também alega que cada uma "levou falsas acusações e depoimentos a público de forma consciente".

O processo foi aberto em resposta às acusações formais movidas por elas desde o ano passado, quando as acusações sobre Bill Cosby vieram à público.

O criador do programa na televisão The Cosby Show, que durante muito tempo ostentou a imagem de "pai ideal", reivindica uma indenização por danos morais e prejuízos em um montante não revelado. De acordo com sua advogada, trata-se do "máximo permitido por lei".

Dopou, estuprou e violentou

O apresentador e comediante Bill Cosby, protagonista há vários meses de denúncias de agressão sexual, ofereceu drogas e dinheiro para mulheres com quem teve relações íntimas, revelou reportagem do The New York Times em julho deste ano.

O jornal americano detalha as transcrições de depoimentos dados por Cosby à Justiça há dez anos, como parte de uma denúncia de uma ex-funcionária da Universidade Temple, Andrea Constand, que afirmou ter sido drogada e abusada sexualmente pelo ator. O caso terminou em um acordo amigável, de termos nunca revelados.

Ainda em julho deste ano, a revista New York Magazine publicou relatos e ilustrações exclusivas de 35 das 46 mulheres que acusam o apresentador e comediante Bill Cosby de estupro.

As mulheres, com idades entre 44 e 80 anos, foram retratadas na capa com a manchete: "Cosby: The Women, An Unwelcome Sisterhood" ("Cosby: As mulheres, uma irmandade indesejada", em tradução livre).

Entre as vítimas que estampam a capa da publicação está a atriz Beverly Johnson, a modelo Janice Dickinson e a atriz Lili Bernard. Leia mais aqui.

(Com informações da Reuters e Agência France Press)

LEIA MAIS:

- Bill Cosby precisou admitir que drogou e estuprou mulheres para acreditarmos nelas

- Bill Cosby dá detalhes de como assediou e estuprou mulheres

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: