ENTRETENIMENTO
14/12/2015 10:05 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

5 coisas que você ainda não sabia sobre 'Breaking Bad', segundo a diretora de elenco

divulgação

“Que se dane, vamos colocar os comediantes em ‘Breaking Bad’. Eles vão ver o que é bom.”

Sharon Bialy é diretora de elenco com mais de duas décadas de experiência, mas ela ainda descreve Breaking Bad como “o seriado com o elenco que mais amo”.

Juntamente com sua sócia Sherry Thomas –a outra metade da firma Bialy/Thomas & Associates-, Bialy encontrou os atores (em alguns casos, atores de primeira viagem) certos para encaixar-se com a visão de Vince Gilligan, criador de Breaking Bad, ao longo das cinco temporadas da série.

Você talvez ache difícil imaginar outras pessoas para alguns papeis, como Bryan Cranston fazendo Walter White, Anna Gunn como Skyler White ou Aaron Paul como Jesse Pinkman. Mas, apesar de Bialy e sua equipe terem feito a escolha deles parecer fácil, vista em retrospectiva, a tarefa não deixou de passar por obstáculos, como qualquer outra em Hollywood Albuquerque.

Quando os primeiros testes foram realizados, a AMC ainda não era conhecida como uma rede de TV onde dramas originais ganhadores de Emmy pudessem sobreviver. Com o alto nível de risco que a série representava para a AMC, Bialy, Thomas e Gilligan tiveram que brigar desde o começo para chamar os atores certos, dando preferência aos nomes que queriam, em detrimento de sugestões mais famosas. Breaking Bad poderia ter começado contando com mais rostos conhecidos, mas o trabalho de equipe no casting levou à ascensão inesperada do ator que fez o papel de pai em “Malcolm in the Middle”, e, é claro, ele acabou revelando ser a pessoa certa para representar Walter White.

Como parte de um olhar sobre várias histórias por trás de “Breaking Bad”, veja abaixo algumas coisas que você não sabia sobre a série, os atores e o “talento singular” Gilligan, desde o ponto de vista de Sharon Bialy.

1. RJ Mitte e Aaron Paul quase perderam seus papéis por serem bonitos demais.

Durante uma “conversa muito intensa” que Bialy teve com Gilligan, a diretora de casting se lembra de ter dito: “RJ passou a vida inteira fazendo fono e fisioterapia. Ele se esforçou tanto para melhorar nesses quesitos. Devemos castigá-lo por isso?”

Gilligan tinha baseado o personagem de Walt Júnior em um amigo seu da faculdade que tinha paralisia cerebral; por isso, explicou Bialy ao Huffington Post, “ele não cogitaria para o papel ninguém que não tivesse paralisia cerebral”. Bialy abraçou a tarefa e ela e o diretor fizeram uma busca em todo o país por atores, pedindo sugestões a organizações que atendem pessoas com paralisia cerebral.

Eles acabaram encontrando RJ Mitte, que tinha paralisia cerebral, mas em grau menor que o amigo de faculdade de Gilligan. “Na época, achamos que ele era bonito demais para o papel e que sua deficiência não era suficientemente pronunciada”, disse Bialy. Mas Gilligan se convenceu quando viu o que o jovem ator precisou superar para chegar ao ponto em que estava. “RJ entendia aquela luta.”

Circularam muitos boatos na Internet de que, num primeiro momento, Aaron Paul também teria sido considerado bonito demais para o papel, e é verdade.

Mas Bialy explicou que também houve receios por causa de sua idade. “Achamos que ele fosse velho demais”, ela admite ter pensado quando o agente do ator o propôs para o papel. Mas a equipe de casting decidiu lhe dar uma chance mesmo assim, com um teste que lhe valeu o papel e parte do qual acabou saindo no YouTube.

2. A contratação de Bryan Cranston se deu graças a uma coincidência bizarra que o ajudou a passar à frente de Matthew Broderick ou John Cusack, os nomes propostos pela AMC.

Talvez seja difícil imaginar Ferris Bueller (de “Curtindo a Vida Adoidado”) ou Lloyd Dobler (“Digam o que Quiserem”) como Walter White, mas procure voltar à década de 2000 e imagine o que precisou acontecer para a Sony e a AMC “se disporem a correr o risco de apostar no cara que foi o pai em ‘Malcolm in the Middle’”, como explicou Bialy.

O caminho improvável de Cranston para chegar à “casa de White” começou com a entrevista inicial que Bialy e Thomas tiveram com Gilligan. Quinze dias antes da reunião, as duas diretoras de casting tinham feito um teste com Cranston para o papel principal em uma nova peça de Aaron Sorkin intitulada "The Farnsworth Invention". As duas foram à entrevista com Gilligan com a intenção de propor o nome de Cranston para fazer o protagonista de "Breaking Bad", talvez dizendo “você pode nos achar malucas, mas...”.

Segundo Bially, Gilligan respondeu “meu Deus, é justamente nele que estou pensando”, e Bialy e Thomas reagiram: “Você está brincando!”.

Gilligan tinha escrito um episódio de “Arquivo X” em que Cranston tinha atuado como convidado, no final dos anos 1990. “Ele não esqueceu como foi incrível a atuação de Cranston”, disse Bialy, mas o diretor temia que fosse difícil convencer a emissora a aceitar o ator para esse papel.

O fato de o criador e as duas diretoras de casting terem coincido em escolher o antigo “pai em uma sitcom” acabaram convencendo a AMC e a Sony a não exigir um ator dramático mais famoso.

3. Muitos atores de "Breaking Bad" também trabalharam em "Seinfeld". Isso aconteceu porque a equipe de casting de "BB" se esforçou para inserir atores cômicos na série.

A firma de casting de Bialy achou que estava sendo vista como imprópria para trabalhar com comédias – seu ponto de partida --, então decidiu: “Que se dane, vamos colocar comediantes em ‘Breaking Bad’. Eles vão ver o que é bom.”

Bialy só tinha visto dois episódios de “Seinfeld” – “Larry David vai me matar”, ela disse, rindo – mas sua empresa se orgulhava de “pegar pessoas do mundo cômico e colocá-las em papéis dramáticos”, especificamente em “Breaking Bad”.

Com isso, vários atores do “seriado sobre nada” acabaram atuando também em “BB”, numa conexão popularizada por um vídeo do YouTube que virou viral em 2012.

Cranston, Gunn e Bob Odenkirk (Saul Goodman) são os nomes mais notáveis que estiveram nas duas séries, além de alguns atores com papéis menores.

4. Na vida real, os gêmeos são primos, um dos quais nunca antes tinha atuado. A primeira cena da vida desse primo consistiu em ele se afastar de uma explosão sem fazer o menor gesto de medo.

No MTV Movie Awards de 2009, Andy Samberg cantou que “caras que são cool não olham para explosões – eles explodem coisas e saem andando”.

Isso foi algo que o ator de primeira viagem Daniel Moncada vivenciou em sua primeira tomada, disse Bialy. Ele poderia ter desistido de ser ator ali mesmo.

Bialy primeiro fez um teste com um primo de Daniel, Luis, que já tinha feito trabalhos como ator. A equipe de Bialy perguntou a ele, literalmente: “Você por acaso não teria um irmão?”, porque Gilligan queria encontrar atores para representar dois irmãos gêmeos. Luis falou que tinha um primo que se parecia muitíssimo com ele, mas não era ator. Com um pouco de ajuda de seu primo e da equipe de Bialy, Daniel foi aprovado por Gilligan, apesar de sua falta de experiência.

E então Daniel teve um primeiro dia no trabalho melhor que ninguém. “Daniel nunca antes tinha estado num set de filmagens”, falou Bialy, lembrando da história. “Houve uma explosão e ele teve que sair andando, sem se alterar em nada. Ele foi incrível.”

5. Jonathan Banks foi tão bom em seu teste que o comentário anotado pela diretora de casting foi “Melhor não poderia ser!”.

“Ainda me lembro do comentário que Sherry escreveu”, disse Bialy, lembrando do primeiro teste feito pelo ator. Altamente qualificado, Banks já tinha trabalhado como ator por mais de três décadas antes de fazer o teste diante de Bialy e Thomas. Seu currículo não passou despercebido de Bialy, que comentou o teste dizendo: “Ficou claro que ele tinha mais experiência que eu e Sherry juntas”.

Bialy ainda mantém seus cadernos de casting “cheios de anotações fartas sobre todo o mundo”, mesmo de 25 anos atrás. “Ainda tenho todos meus cadernos”, disse a diretora de casting.

Mas ela ainda se lembra do que escreveu sobre Jonathan Banks. Simples, mas uma escolha ideal.

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost US e traduzido do inglês.

Galeria de Fotos Final de Breaking Bad: Contém spoilers! Veja Fotos

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: