MULHERES
07/12/2015 19:51 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:40 -02

Após nocaute histórico, Ronda diz que ficou 'triste para c*aralho' e que levará meses até conseguir comer uma maçã

Josh Hedges/Zuffa LLC via Getty Images
MELBOURNE, AUSTRALIA - NOVEMBER 15: (R-L) Holly Holm of the United States punches Ronda Rousey of the United States in their UFC women's bantamweight championship bout during the UFC 193 event at Etihad Stadium on November 15, 2015 in Melbourne, Australia. (Photo by Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)

Ronda Rousey ainda se recupera do chute de Holly Holm que fez com que ela beijasse a lona.

O nocaute no UFC 193 deixou Ronda inconsciente e a mandou para o hospital. "Fiquei triste para caralho".

O fato é: Ronda já não é invencível e não poderá se aposentar invicta, coisa que a forma como ela atropelava as adversárias poderia sugerir para alguns (ou muitos).

As marcas da fatídica luta continuam. Alguns pontos seguem no rosto e os dentes não estão lá muito firmes.

À revista ESPN, que chega às bancas na sexta-feira, Ronda dá o real diagnóstico de sua derrota:

"Pode levar de três a seis meses até que possa comer uma maçã".

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: