COMPORTAMENTO
02/12/2015 18:00 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:38 -02

Jiang do MasterChef Brasil lança primeiro livro: 'A Vida e as Receitas de Jiang'

Reprodução

A Vida e as Receitas de Jiang - Uma História Temperada com Cebora, Flango e Superação. Esse é o título do primeiro livro de receitas da chinesa naturalizada brasileira Jiang Pu.

Uma das participantes mais queridas da segunda edição do MasterChef Brasil, Jiang preparou uma seleção de 40 pratos da culinária oriental para o primeiro trabalho autoral.

São receitas "simples", feitas para quem chega em casa com "muita fome" e deseja preparar uma refeição rápida, com "as coisas que qualquer pessoa encontra na geladeira", disse a jovem chef.

Em entrevista ao HuffPost Brasil, Jiang conversou sobre o livro, recomendou algumas das receitas do trabalho, a infância na China e ainda comentou sobre as transformações na vida pós-reality show.

HuffPost Brasil: Como começou a seleção dos pratos, qual foi o critério?

Jiang Pu: Eu sou muito comilona. Toda a seleção foi feita por mim, fui eu quem escolhi baseado nos pratos que eu gostaria de comer. São doces, salgados, entradas e pratos principais. Um total de 40 receitas simples que vc pode fazer em casa, com as coisas que qualquer pessoa encontra na geladeira.

E qual você recomendaria para quem está com muita fome, mas tem pouco tempo para preparar alguma coisa?

Todas as receitas do livro são bem simples, mesmo os pratos principais. Acho que neste caso as saladas são as melhores. São bem rapidinhas de preparar.

Como todas as receitas são orientais, existe algum prato que os brasileiros terão dificuldade de preparar?

Acho que dobrar os bolinhos. A receita é bem simples de ser executada, mas os bolinhos chineses são sempre complicados de você dobrar na primeira vez.

São receitas que você aprendeu quando morava na China?

Boa parte sim.

E desde quando você cozinha?

Desde que eu era criança. Lembro que já preparava miojo em casa quando tinha uns cinco anos. Com 11 ou 12 anos comecei a fazer pratos mais elaborados. Receitas bem mais difíceis.

Cozinhava para toda a família?

[Rindo] Não, só para mim mesma. Sou comilona.

Falando em crianças e infância, o que você está achando de MasterChef Júnior? Tem algum participante favorito?

Eu assisto, mas não torço para ninguém não. Acho que se eu falar algum nome o outro vai ficar chateado

Você acha que a competição do MasterChef Brasil foi mais difícil para os adultos ou para as crianças?

Acho que para os adultos. Era muito rígido. As crianças do programa, eles ensinam delicadamente. "Vem aqui! Faz assim!". A gente, não. Era uma coisa: "Se vira aí! É por sua conta". Os chefs eram muito rígidos com a gente.

Sua vida mudou muito depois do programa?

Não mudou muito, muito. Continuo pegando fila e pagando contas como qualquer um. A diferença é que agora todo mundo me conhece na rua, chama para tirar fotos.

E depois do livro de culinária, quais são seus planos?

Se alguma emissora quiser me convidar para ser apresentadora, eu aceito.

Serviço

A Vida e as Receitas de Jiang

Uma História Temperada com Cebora, Flango e Superação

Páginas: 216

Formato: 15,5 x 23 cm.

Preço sugerido: 29,90 reais

Também no HuffPost Brasil:

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: