MUNDO
01/12/2015 11:53 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:35 -02

Um em cada três refugiados mortos no mar em 2015 era criança

AP

Nesta terça (1), a Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) revelou que 30% dos refugiados e imigrantes que morreram na travessia do Mediterrâneo em 2015 eram crianças. -- 5% deles, bebês menores de dois anos.

A maior parte das crianças vinham da Síria, do Iraque e do Afeganistão.

O dado faz parte de um relatório sobre a situação dos refugiados e imigrantes menores de idade nos últimos dois anos na Europa.

Só em 2015, mais de 870 mil pessoas atravessaram o Mar Mediterrâneo fugindo de conflitos militares e da miséria. As crianças correspondem a 20% desse total.

Segundo a Unicef, é preocupante o número de menores que chegam à Europa desacompanhados, já que eles são mais vulneráveis à exploração sexual e ao trabalho infantil.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: