ENTRETENIMENTO
30/11/2015 15:12 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:34 -02

O trabalho deste inglês é discotecar em funerais

Reprodução Vice

O DJ britânico John Headley é bem animado quando conversa, mas os últimos anos sua profissão têm sido um tanto macabros. Depois de começar sua carreira nos anos 90 como um DJ de eventos, Headley expandiu seu negócio para além do circuito de casamentos e festas, ao virar um DJ de funerais — ele escolhe as músicas que tocam em serviços funerários e velórios.

O site para seu negócio Spirit In The Sky Entertainments avisa: "Vá embora com um estouro. Diga adeus para seus entes queridos com música que eles amavam. Spirit In The Sky Entertainments fará questão de que seus entes queridos sejam lembrados pelas pessoas divertidas e amorosas que eles eram".

Numa entrevista recente para o THUMP, Headley explicou como a música afeta o processo de luto. Ele também nos contou quais são as músicas mais pedidas.

THUMP: Como você começou a tocar em funerais?

John Headley: Há cerca de cinco anos. Do nada, eu recebi uma ligação de uma mulher dizendo que sua mãe tinha falecido e que ela queria uma festa para seu funeral, uma celebração de sua vida.

Foi uma festa de verdade. A mulher que faleceu tinha uma doença terminal e planejou seu próprio funeral. Ela queria uma celebração e queria que tocassem suas músicas preferidas. Eu meio que entendi qual era a intenção. Aquele dia foi sobre a família se lembrar de sua mãe que faleceu e a festa era sobre como ela curtia a vida.

[Continue lendo aqui]

LEIA MAIS:

- Enganei todo mundo com meu projeto artístico em que fingia ser uma EDM

- Ela tentou dizer 'sim' para todo homem que a abordou na rua por duas semanas

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: