COMPORTAMENTO
30/11/2015 16:24 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:34 -02

Astro pornô James Deen é acusado de estupro por atrizes e ex-namorada

Pelo menos três mulheres resolveram quebrar o silêncio e falar sobre casos de estupro sofridos por elas. O suspeito? James Deen, um dos mais bem pagos e conhecidos atores pornô do planeta.

A primeira a quebrar o silêncio foi Stoya, ex-namorada e também atriz da indústria pornográfica. No Twitter, ela afirmou ter sido violentada e disse não conseguir mais ver as pessoas idolatrarem James como um homem associado ao feminismo.

"James Deen me segurou e me f... enquanto dizia 'não, pare', usando minha palavra de segurança. Não posso mais acenar e sorrir quando as pessoas o mencionam", relatou. "Você entra na internet por um segundo e vê as pessoas idolatrando o cara que te estuprou como se ele fosse feminista. Isso é um saco", completou Stoya.

Depois foi a vez de Tori Lux, outra atriz, falar sobre eventos ocorridos em 2011.

A atriz relatou que Deen ficava cada vez mais violento cada vez que Tori negava sexo."James desrespeitou completamente o que disse, me agarrou pelo pescoço e me jogou em um colchão no chão. Ele sentou sobre o meu peitoral, e prendeu os meus braços com os seus joelhos. Em seguida, ele me deu uns cinco ou seis tapas fortes no rosto e na cabeça", afirmou em texto no Daily Beast.

Tori afirma que as atrizes de filmes pornográficos têm dificuldades em serem ouvidas quando o assunto é violência sexual e quebrar o silêncio complica a carreira. "As pessoas, incluindo a própria polícia, acreditam que as atrizes pornôs não podem ser estupradas ou agredidas. Nós somos silenciadas, e nossas experiências negativas durante o trabalho são tratadas como insignificantes pelos outros".

Ontem, James Deen usou também o Twitter para negar as acusações e disse respeitas as mulheres: "Eu respeito as mulheres. Conheço e respeitos os limites dela na vida profissional e pessoal".

Ashley Fire foi a terceira falar sobre abusos de Deen. “Estava saindo do chuveiro num dos banheiros comuns do Kink Studios e estava tentando pegando minha toalha para me enxugar e ele apareceu por trás de mim e encostou na minha bunda".

Por conta das declarações, surgiu a hashtag #SolidarityWithStoya no Twitter, para que as pessoas pudessem mostrar solidariedade.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: