NOTÍCIAS
27/11/2015 16:43 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:34 -02

Exemplo: Holanda vai construir MILHARES de moradias para refugiados

ROBERT ATANASOVSKI via Getty Images
A woman and her children look on as migrants and refugees wait to cross the Greece-Macedonia border in the rain on November 27, 2015 near Gevgelija. Over 200 migrants on November 26 tried to break through barbed wire fences to cross from Greece into Macedonia, which imposed new border restrictions last week, throwing stones at police, AFP reporters said. Since last week, Macedonia, which lies on the main migrant route to northern Europe, has restricted passage to only Syrians, Iraqis and Afghans who are considered war refugees. All other nationalities are deemed economic migrants and told to turn back. AFP PHOTO / ROBERT ATANASOVSKI / AFP / ROBERT ATANASOVSKI (Photo credit should read ROBERT ATANASOVSKI/AFP/Getty Images)

O governo da Holanda mediou um acordo com autoridades municipais e provinciais do país para abrigar milhares de imigrantes que receberam o status de refugiados.

O acordo anunciado nesta sexta-feira (27) prevê a construção de moradias para 14 mil refugiados. O objetivo é providenciar habitação para que as pessoas que tiveram os pedidos de asilo concedidos por autoridades holandesas cedam espaço nos centros de abrigos para os milhares de imigrantes que chegam a cada ano na Holanda, fugindo de conflitos e da fome em países da África, Ásia e Oriente Médio.

Os governos locais também concordaram em criar milhares de novas acomodações de emergência para pessoas que procuram asilo nos próximos meses, em instalações comerciais vazias e outros prédios.

A agência central responsável por registrar os imigrantes afirmou que o número de imigrantes que chegou à Holanda este ano já ultrapassou o total combinado de 2013 e 2014. Apenas em outubro deste ano, cerca de 47 mil pessoas pediram asilo.

A chegada dos imigrantes tem dividido o povo holandês: os que se opõem protestam em locais públicos, enquanto organizações que ajudam os refugiados afirmaram nesta semana que registraram mais de 10 mil novos voluntários em apenas dois meses.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: