NOTÍCIAS
24/11/2015 10:18 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:32 -02

Taxa de desemprego fica em 8,9% no 3º trimestre, aponta Pnad Contínua do IBGE

Agência Brasília/FIickr
Varjão, Brasília, DF, Brasil Foto: Gabriel Jabur/Agência BrasíliaO mutirão levou à comunidade, oportunidades para solicitar a primeira carteira de trabalho, inscrição em cursos profissionalizantes, oficinas de artesanato e serviços do BRB e do Procon. Junho Moreira da Silva foi em busca de encaminhamento profissional.

A taxa de desocupação no Brasil ficou em 8,9% no terceiro trimestre de 2015, de acordo com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) divulgados na manhã desta terça-feira, 24, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em igual período do ano passado, a taxa de desemprego era de 6,8%. No segundo trimestre do ano, o resultado foi de 8,3%.

Em números absolutos, a população desocupada no brasil chegava a 9 milhões de pessoas e aumentou 7,5% em relação ao trimestre anterior e 33,9% em relação ao mesmo trimestre de 2014.

Este foi o maior crescimento da população desocupada, na comparação com o mesmo trimestre móvel do ano anterior. Já a população ocupada somou 92,1 milhões em todo o País.

A renda média real do trabalhador ficou em R$ 1.889,00 no período, o que representa queda de 1,2% em relação ao trimestre imediatamente anterior e ficou estável ante o terceiro trimestre de 2014.

A massa de renda real habitual paga aos ocupados somou R$ 168,6 bilhões no terceiro trimestre, queda de 1,2% ante o segundo trimestre. Em relação ao terceiro trimestre do ano passado, houve recuo de 0,1%.

Desde janeiro de 2014, o IBGE passou a divulgar a taxa de desocupação em bases trimestrais para todo o território nacional.

A nova pesquisa tem por objetivo substituir a Pesquisa Mensal de Emprego (PME), que abrange apenas seis regiões metropolitanas e será encerrada em fevereiro de 2016, e também a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) anual, que produz informações referentes somente ao mês de setembro de cada ano.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: