NOTÍCIAS
19/11/2015 18:21 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:32 -02

Partido da Mulher Brasileira tem sete deputados, todos HOMENS

WikiCommons

Recém-criado, o 35º partido político do País, o Partido da Mulher Brasileira (PMB) já tem uma bancada de sete deputados na Câmara dos Deputados. Todos homens.

São eles: Domingos Neto e Valtenir Pereira (ex-PROS), Weliton Prado e Toninho Wandscheer (ex-PT), Victor Mendes (ex-PV), Ezequiel Teixeira (ex-Solidariedade) e Pastor Franklin (ex-PTdoB).

A maioria saiu brigado do partido e para não perder o mandato teve que mudar para uma legenda nova.

Este é o caso de Domingos Neto, que será líder da sigla. Em entrevista ao Diário do Nordeste, ele deixou claro que não mudou de partido por ideologia ou afinidade com a causa da mulher.

“Todos sabem que, para não colocar em risco meu mandato, só se pode mudar para um partido novo. (…) No ambiente do Pros era impossível eu ficar, porque eu não iria aceitar de maneira nenhuma esse tipo de gestão à frente do partido e, assim, eu me filio ao Partido da Mulher”, disse ao Diário do Nordeste.

À revista Época, a presidente do partido, Suéd Haidar, reconheceu que não há nenhuma mulher interessada em ingressar na legenda até o momento. “Fechado, só macho”, pontuou.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: