19 imagens que mostram a força e a grandeza da 1ª Marcha das Mulheres Negras no Brasil (FOTOS)

"A nossa luta é todo dia contra o machismo, racismo e homofobia." Esse é um dos gritos entoados ao som da bateria pelas mulheres negras de todo o País que se reuniram nesta quarta-feira (18), em Brasília, na 1ª Marcha Nacional das Mulheres Negras.

As manifestantes saíram da região central da cidade em direção à Praça dos Três Poderes às 9h. Pela manhã, a organização estimou que dez mil pessoas estavam presentes na marcha. Já a Polícia Militar do Distrito Federal falou em quatro mil pessoas.

No começo da tarde desta quarta-feira (18), a organização informou ao HuffPost Brasil que 20 mil pessoas estavam presentes e a PM estimava dez mil manifestantes. "Nossa marcha é pelo bem viver, por reconhecimento, por participação das mulheres negras. Contra o machismo e o racismo", ressaltou Marcelle Esteves, uma das organizadoras do evento.

Esta é a primeira vez que a marcha nacional acontece. O objetivo foi reunir o máximo de mulheres negras, assim como outras entidades do moviment e mobilizar essas pessoas para defender a cidadania plena das negras brasileiras, lutar contra o racismo e violência, além de honrar seus ancestrais. A ideia foi aproveitar o 20 de novembro, próxima sexta-feira, em que se comemora o Dia Nacional da Consciência Negra.

Dados do último Censo (2010) indicam que as mulheres negras são 25,5% da população brasileira (48,6 milhões de pessoas) e são as maiores vítimas de crimes violentos. De 2003 para 2013, o assassinato de mulheres negras cresceu 54,2%, segundo o Mapa de Violência 2015: Homicídios de Mulheres no Brasil. Em um ano, morreram assassinadas 66,7% mais mulheres negras do que brancas no Brasil.

Agência Brasil
Agência Brasil
Agência Brasil
Agência Brasil
Agência Brasil
Agência Brasil
Agência Brasil
Agência Brasil
Agência Brasil
Agência Brasil
Agência Brasil
Agência Brasil
Agência Brasil
Agência Brasil
Agência Brasil
Agência Brasil
Agência Brasil
Agência Brasil
Agência Brasil

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: