NOTÍCIAS
14/11/2015 09:03 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:31 -02

Terror em Paris: Em homenagem às vítimas, o mundo se pinta com as cores da França

Reuters

A noite desta sexta-feira (13) e a manhã deste sábado (14) foram marcadas por muitas homenagens às vítimas dos atentados em Paris.

Nos Estados Unidos, no México e no Canadá vários prédios foram iluminados com as cores da bandeira francesa, e em diversas partes do mundo, flores foram depositadas em frente às embaixadas do país.

Paris foi alvo de uma série de ataques coordenados na noite de sexta (13). Pelo menos 128 pessoas morreram e 99 ficaram gravemente feridas, no que parece ser o pior atentado sofrido pelo país desde a Segunda Guerra Mundial.

Foi o pior ataque do tipo na Europa desde os atentados aos trens de Madri de 2004, quando 191 pessoas morreram.

Autoridades disseram que oito agressores morreram, sete dos quais detonaram cintos com explosivos em vários locais, enquanto um tinha sido morto a tiros pela polícia. Não ficou claro se todos os atacantes foram contabilizados.

Nenhum grupo assumiu oficialmente a autoria dos atentados. Foram registrados sete ataques na cidade, inclusive do lado de fora do estádio nacional onde Hollande e o ministro das Relações Exteriores alemão assistiam a um amistoso de futebol.

A maioria das vítimas, no entanto, estava o Bataclan, uma sala de shows populares, onde o grupo de rock californiano Eagles of Death Metal se apresentava. O local fica a apenas algumas centenas de metros da antiga redação do jornal satírico Charlie Hebdo, que foi alvo de um ataque mortal de islâmicos armados em janeiro.