COMPORTAMENTO
01/10/2015 12:28 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

5 ótimos motivos para celebrar a chegada do Outubro Rosa

Você provavelmente já ouviu falar no Outubro Rosa.

Mas talvez nunca tenha se preocupado em fazer o auto exame e pensar sobre o câncer de mama.

Nesta quinta-feira (1), a campanha que chegou ao Brasil em 2008 por iniciativa da Femama (Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama), volta para divulgar a importância da prevenção do tipo de câncer que é a causa mais frequente de morte entre as mulheres.

Junto com o Outubro Rosa, várias ações estão sendo feitas para divulgar a iniciativa no Brasil e incentivar as mulheres a fazer o auto-exame -- algo de extrema importância para detecção precoce da doença.

Eis 5 razões para celebrar a chegada do Outubro Rosa:

1. Revistas e celebridades estão unidas contra o câncer e a favor da prevenção

Claudia, Cosmopolitan, Elle, Estilo e Boa Forma chegaram às bancas nesta quarta-feira (30) e terão todas uma segunda capa com suas respectivas estrelas nuas da cintura para cima, com a intenção de incentivar as mulheres a fazer o auto-exame, que é de extrema importância para identificar o câncer de mama inicialmente.

Juliana Paes, na capa da Claudia, Taís Araújo, na capa da Cosmopolitan, Fernanda Souza, na capa da Boa Forma, Aline Weber, na capa da Elle, e Paolla Oliveira, na capa da Estilo, apoiam a ação e estarão em todas as bancas durante o mês de outubro.

"As cinco revistas, juntas, alcançam mais de 16 milhões de leitoras. Não podíamos deixar de falar com essas mulheres, que são a razão de nosso trabalho, sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama", diz Paula Mageste, diretora editorial do núcleo de publicações femininas.

2. Brasil fica um pouco mais rosa. E isso é demais!

O nome Outubro Rosa remete à cor do laço que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e instituições públicas. Para deixar explícito o apoio do governo brasileiro, cidades como Brasília e Rio de Janeiro ganham iluminações especiais em prédios, monumentos e até no Cristo Redentor.

3. Bancada Feminina no Congresso que diminuir o número de casos

Parlamentares da bancada feminina do Congresso lançaram ontem, quarta-feira (30), a campanha Outubro Rosa contra o Câncer de Mama. Durante o evento, a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) destacou a redução das mortes pela doença na última década.

“Nos últimos anos, temos conseguido melhoras nos índices do tratamento bem sucedido contra o câncer de mama. De 2005 a 2009, a taxa subiu de 78% para 87%. Isso é resultado de uma intensa mobilização em todo o país e dos recursos aplicados”, disse a parlamentar. As informações são da Agência Brasil.

4. Beleza das mulheres que enfrentaram o câncer EXPOSTA!

Os passageiros que passarem pelo terminal da Alvorada, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste, verão duas exposições que buscam empoderar mulheres que sofreram com o câncer. Em ‘A mulher e o câncer de Mama’, a história da doença é contada desde a Antiguidade até os tempos atuais. Já no ‘Projeto Pérola’, fotos sensuais traduzem a história de luta e superação da doença.

5. Apoiar a campanha "Por mais tempo"

Lutar para que as mulheres que tem câncer de mama em fase metastática tenham um atendimento adequado no Sistema Único de Saúde. Essa é a principal luta do movimento “Por Mais Tempo”, que lançou uma petição para que o Ministério da Saúde inclua essas opções mais personalizadas de medicamento no SUS.

A campanha, que é realizada pelo Femama, Instituto Oncoguia e Roche, já coletou mais de 200 mil assinaturas e traz uma série de iniciativas que procuram gerar reflexão da população brasileira sobre o câncer de mama metastático, seus tratamentos e também a importância e o significado de ter mais tempo de vida. Ajude a causa por meio do site www.pormaistempo.com.br.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: