NOTÍCIAS
30/09/2015 15:27 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

Eduardo Cunha já negou três pedidos de impeachment de Dilma Rousseff

MIGUEL SCHINCARIOL via Getty Images
The president of the Brazilian Chamber of Deputies, Eduardo Cunha, from the Brazilian Democratic Movement Party (PMDB) meets with union workers in Sao Paulo, Brazil, on August 21, 2015. Cunha, speaker of the Chamber of Deputies, was alleged to have taken at least $5 million in bribes as part of a sprawling kickbacks scheme centered on state oil company Petrobras. AFP PHOTO / Miguel SCHINCARIOL (Photo credit should read Miguel Schincariol/AFP/Getty Images)

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), afirmou nesta quarta-feira (30) que já despachou e indeferiu três pedidos de impeachment da presidente Dilma Rousseff. "Fiz isso ontem à noite", disse. Os pedidos foram publicados nesta manhã no Diário Oficial da Câmara. Com a exclusão dos três pedidos, ainda restam dez para serem analisados pelo presidente da Câmara.

Ontem, Cunha havia afirmado que pretende avaliar diariamente "com calma" os pedidos e que alguns processos "simplórios" seriam recusados. "Essa semana vou começar a despachar os mais antigos. Tem uns ali que são absolutamente simplórios. Vou despachar uns iniciais. Já tinha lido e pedi para preparar o termo para eu poder recusar", disse. "Vou começar a fazer, a cada dia, soltando, ler bem e soltar com correção", disse.

Não há uma ordem para que eles sejam despachados e a escolha depende da vontade do presidente da Câmara.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: