NOTÍCIAS
29/09/2015 15:36 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

História de que Johnny Depp criticou governantes brasileiros no Rock in Rio é falsa

Vivian Fernandez via Getty Images
RIO DE JANEIRO, BRAZIL - SEPTEMBER 24: Johnny Depp from The Hollywood Vampires attends the Starkey Hearing Foundation event to support and benefit people in need at Belmond Copacabana Palace on September 24, 2015 in Rio de Janeiro, Brazil. (Photo by Vivian Fernandez/Getty Images for Starkey Hearing Foundation)

Um dos nomes que mais chamaram atenção no Rock in Rio 2015 nem tem a música como primeira atividade. Junto com o Hollywood Vampires, o ator Johnny Depp fez um dos shows mais celebrados do evento. Fora dos palcos, ele também chamou atenção: antes do dia da apresentação, ele doou 200 aparelhos auditivos para crianças no Rio.

A história de caridade é um tanto quanto inusitada e alguns leitores do Boatos.org levantaram a dúvida se realmente ele havia feito a doação. Pelo o que apuramos, a história é verdadeira (apesar de alguns detalhes como, por exemplo, como seria possível ele comprar e entregar aparelhos e são feitos sob medida não terem ficado esclarecidos). Porém, há algo de falso na história de Johnny Depp e a caridade. Leia um texto que tem circulado online:

O ator Johnny Depp doou mais de 200 aparelhos auditivos para a cidade do Rio de Janeiro e zerou a fila de adultos e crianças que aguardavam há meses. “Os governantes deste país deviam ter vergonha por não cuidar do seu povo”, declarou o ator, durante sua participação no Rock in Rio.

Imagens com a "lição de moral" dada por Johnny Depp renderam críticas (como ele chega e fala mal do Brasil, perguntavam alguns), elogios (seria ele mais um a apoiar o #foradilma) e, claro, muitos compartilhamentos. Só tem um detalhe: ele não falou nada sobre os governantes do país, nem sobre vergonha e nem sobre cuidar do povo.

[Continue lendo]

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: