NOTÍCIAS
29/09/2015 19:37 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

Confundido com Uber, carro de deputado é cercado por taxistas em BH

Spencer Platt via Getty Images
NEW YORK, NY - JULY 20: An Uber vehicle is viewed in Manhattan on July 20, 2015 in New York City. New York's City Council has proposed two bills last month to limit the number of new for-hire vehicles, as well as to study the rapidly rising industry's impact on traffic. Uber has responded in an open letter arguing that its 6,000 Uber cars out during an average hour are a small part of the city's overall traffic. In cities across the globe Uber has upended the traditional taxi concept with many drivers and governments taking action against the California based company. (Photo by Spencer Platt/Getty Images)

O motorista do deputado Laudívio Carvalho (PMDB-MG) por pouco não foi agredido por três taxistas em Nova Lima, região metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com a reportagem do UOL, Glênio Gomide, que dirige o Ford Fusion do parlamentar, foi confundido com um motorista de Uber enquanto esperava Carvalho sair de um salão de festas, no último domingo (27).

Carvalho, que ironicamente é autor de um projeto de lei na Câmara dos Deputados para proibir o Uber no País, contou ao Estado de Minas como foi o episódio. “Quando o motorista foi me buscar, por volta das 22h30, foi cercado por três taxistas. Quando me aproximei do meu carro, um deles me reconheceu e me cumprimentou. Os outros dois começaram a dizer que eu estava andando de Uber. Eu afirmei que era um carro particular e que era um empregado antigo meu”.

"Como eu vou ficar defendendo os taxistas com essas atitudes? Desde o início destes ataques aos motoristas do Uber, tenho orientado os taxistas, através dos representantes da classe, que esta não é a maneira correta para solucionar este impasse", completou o deputado em entrevista ao UOL.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: