COMPORTAMENTO
18/09/2015 17:37 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:40 -02

Fotos de nudez em preto e branco mandam recado sobre obesidade, feminismo e um f*da-se (NSFW)

Alerta: Este post contém imagens de nudez e pode não ser apropriado para o ambiente de trabalho.

SUBSTANTIA JONES

As impressionantes fotos em preto e branco de Substantia Jones retratam cenas de arte familiares — indivíduos parcialmente ou totalmente nus, descansando, sentando, se abraçando e fazendo carícias.

O que destaca as fotos de Jones em relação às de outros fotógrafos que retratam a nudez, no entanto, é o fato de que todos seus personagens são pessoas que se declaram obesas e têm orgulho disso.

Jones é a mente ousada por trás do projeto Adipositivity (uma fusão em inglês das palavras adiposa e positividade), uma iniciativa fotográfica para promover a aceitação de todas as formas e tamanhos de corpos e estimular o debate sobre a política do corpo.

O objetivo é circular imagens positivas de corpos “fora do padrão” para combater reações negativas inseridas em muitos de nós pelas formas vistas na mídia tradicional. Jones faz isso tirando lindas fotos de pessoas que são felizes, gordas e felizes de serem gordas.

“A fotografia é uma ferramenta comumente usada e manipulada para convencer as pessoas — particularmente as mulheres — de que elas não têm valor em seu estado natural”, explicou Jones em uma entrevista à revista Vice, “de que precisam engolir o que a indústria da perda de peso nos EUA, [que fatura] US$ 66 bilhões por ano, está dando de comer a elas.

O projeto Adipositivity tem a ver com pegar aquele conceito e subvertê-lo, usando fotografias para promover o amor próprio e pedir que as pessoas aceitem seu estado natural”.

SUBSTANTIA JONES

As fotografias abaixo, em sua maioria tiradas entre 2010 e 2011, retratam corpos em seu estado natural, enfeitados com rugas, cheios de covinhas, envoltos na sombra.

As carnes dobram, os cabelos correm soltos, as marcas de estrias infiltram-se livremente pela pele. São corpos humanos, sem retoques, sem desculpas.

A maioria dos personagens de Jones a procura; ela recebe mais pedidos do que pode dar conta. “Alguns estão participando para mostrar ao mundo que conseguiram amar o corpo”, disse Jones ao The Huffington Post por e-mail.

“Alguns estão usando a fotografia para ajudá-los a chegar àquele lugar de autoaceitação. Outros apenas querem dizer ‘foda-se’ para uma cultura dominada pelo fanatismo em relação às formas e propaganda de perda de peso alimentada pelo complexo industrial da angústia.”

Para conhecer um pouco mais do trabalho de Jones, confira o projeto Valentines, focado em imagens de casais apaixonados. Nas palavras de Jones: “As pessoas gordas merecem amor e sexo e uma boa, profunda dose de felicidade como qualquer pessoa”.

Dito isso, veja a seguir as imagens do projeto Adipositivity:

  • SUBSTANTIA JONES
  • SUBSTANTIA JONES
  • SUBSTANTIA JONES
  • SUBSTANTIA JONES
  • SUBSTANTIA JONES