NOTÍCIAS
14/09/2015 17:47 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:38 -02

Primeiro transplante de cabeça da história está marcado para 2017

Reprodução/YouTube

Está marcado: se tudo der certo, o primeiro transplante de cabeça da história vai acontecer em dezembro de 2017.

O voluntário que terá a cabeça transplantada é Valery Spiridonov, russo de 30 anos que sofre de uma doença terminal chamada Síndrome de Werdnig-Hoffman. A doença deteriora neurônios e causa atrofia muscular, causando dificuldade de respirar e engolir.

Impossível?!

A cirurgia deve durar 36 horas, e mais de 150 médicos e enfermeiros serão envolvidos na operação.

Tanto a cabeça de Spiridonov quanto o corpo do doador devem ser refrigerados para evitar a deterioração, enquanto os cirurgiões reconectam veias e artérias das duas partes. Depois, o paciente deverá passar um mês em coma induzido para se recuperar.

O grande desafio será conseguir reconectar a medula espinhal com o novo corpo -- feito inédito na medicina.

Outro neurocirurgião envolvido no processo, o chinês Xiaoping Ren, já realizou mais de 1 mil transplantes de cabeça em ratos. Apesar de os ratos terem conseguido engolir, respirar e enxergar após o procedimento, nenhum deles sobreviveu mais do que alguns minutos após a cirurgia.

Esta não foi a primeira tentativa, porém, de realizar o procedimento em animais, Já em 1970, o cirurgião Robert White transplantou a cabeça de um macaco rhesus para o corpo de outro. O macaco sobreviveu por nove dias, mas logo morreu devido a uma séria reação autoimune. Além disso, a medula espinhal não foi conectada à cabeça com sucesso, e o macaco ficou paralisado.

Na cirurgia de Valery Spiridonov, a equipe médica pretende utilizar o polietilenoglicol, um composto com capacidade de fundir membranas de células gordurosas.

Segundo Sergio Canavero (na imagem acima), o neurocientista à frente da operação, a equipe só fará a cirurgia quando houver 99% de certeza de que tudo será um sucesso.

A maior parte da comunidade científica, porém, acredita que Valery Spiridonov está caminhando para a morte. "Eu não acredito que isso vai funcionar, tem muitos problemas nesse procedimento. Tentar manter alguém saudável em um coma de quatro semanas... Não vai acontecer, disse Harry Goldsmith, professor da University of California, Davis, à New Scientist.

Teoria da Conspiração

Apesar Canavero de ter publicado artigos científicos em periódicos de respeito e ser, comprovadamente, um médico, existe a possibilidade de que ele esteja enganando todo mundo.

Aficionados por games apontaram uma série de coincidências entre o projeto de Canavero e o jogo Metal Gear Solid. Eles acreditam que tudo é uma grande manobra de publicidade para divulgar o jogo. O médico negou envolvimento e disse que iria processar a Konami, produtora do jogo, por usar sua imagem indevidamente.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: