NOTÍCIAS
02/09/2015 13:48 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:32 -02

'O Grande Ditador': Hitler assistiu ao filme clássico de Chaplin, segundo livro

Divulgação

Ao contrário do que muitos acreditam, o ditador nazista Adolf Hitler assistiu, sim, ao clássico do cinema que tira o maior sarro dele: O Grande Ditador (1940), de Charles Chaplin.

A informação vem do livro A História Bizarra da 2ª Guerra Mundial (Planeta, 2015), do jornalista Otavio Cohen.

No filme de Chaplin, um barbeiro judeu com amnésia tem aparência semelhante à do ditador Adenoid Hynkel – representação de Hitler –, o que faz ambos trocarem de postos em uma confusão.

Os dois personagens são interpretados pelo diretor, que satiriza a ascensão de lideranças autoritárias daquela época, como Hermann Göring, líder do partido nazista; Joseph Goebbels, ministro da propaganda nazista na Alemanha; e Benito Mussolini, líder fascista na Itália.

O arquiteto Albert Speer, amigo próximo de Hitler, já afirmou que o ditador nunca viu o filme, embora o próprio Chaplin tenha o enviado ao líder nazista.

Porém, Speer se contradisse anos depois, quando afirmou que seu amigo assistiu a O Grande Ditador.

Cohen, autor do livro, no entanto, encontrou provas em sua investigação de que o ditador não só viu o filme como o fez duas vezes em seu cinema particular.

Leia o trecho abaixo (via Folha de S.Paulo):

"Segundo relatos de testemunhas e dos registros revelados no Julgamento de Nuremberg, Hitler gostou bastante das partes do filme que fazem referência à baixa estatura de Benito Mussolini".

O Partido Nazista decretou Chaplin como inimigo da Alemanha, tentou impedir que a população visse o filme e disse que a obra "transformava o Reich num circo de personagens excêntricos e bobos".

Mas, pelo visto, nem um dos personagens mais repudiados da História resistiu ao bom humor de Chaplin.

(via Folha)

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: