LGBT
01/09/2015 11:08 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:32 -02

'Jesus não incriminou ninguém, exceto religiosos hipócritas', diz Edir Macedo sobre os gays

Patricia Santos/AE/Estadão Conteúdo

O líder da Igreja Universal do Reino de Deus, Edir Macedo, voltou a adotar uma postura de tolerância com os gays. Há duas semanas, ele usou o seu programa de rádio para criticar a postura de várias lideranças evangélicas contrárias ao movimento LGBT, que ‘demonizam’ o relacionamento e a união entre homossexuais no Brasil.

A declaração foi corroborada nesta terça-feira (1º) ao jornalista Ricardo Feltrin, do portal UOL. Na entrevista, o bispo declarou que “o Senhor Jesus deu um excelente exemplo de mensagem para todos os pecadores: Não incriminou ninguém, exceto os RELIGIOSOS HIPÓCRITAS (grifo do próprio Macedo)”.

“A Universal está 100% de acordo com a Bíblia, o que significa que considera que homossexualismo não é maior ou menor que qualquer outro pecado”, disse Macedo.

www.bispomacedo.com.br

Posted by Bispo Edir Macedo on Quarta, 26 de agosto de 2015

Todavia, o líder da Universal procurou não fazer uma defesa aberta da causa gay, preferindo manter a postura de neutralidade e não-discriminação.

“A Universal sempre aceitou e aceita todos os homossexuais, como acolhe qualquer ser humano do jeito que ele é. Nossa missão é pregar o Evangelho a TODA CRIATURA (grifo de Macedo), independentemente do que ela é, faz ou deixa de fazer. São criaturas humanas que carecem de conhecimento do Evangelho como quaisquer outras”, completou.

Estimativas apontam que a Universal possui 2,5 milhões de fiéis, em um cenário de 42,3 milhões de brasileiros que se declaram evangélicos no País, segundo dados do IBGE. Há uma estimativa de que, até 2040, os evangélicos ultrapassem os católicos e sejam maioria entre os religiosos do Brasil.

No âmbito político, o PRB é o ‘braço’ da Universal, enquanto outras congregações evangélicas se espalham majoritariamente por partidos como PSC, PMDB, PSD e PSDB.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: