MUNDO
01/09/2015 18:44 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:32 -02

Crise migratória? Torcidas alemãs mostram que o futebol pode abraçar os refugiados

Reprodução

A grave crise migratória envolvendo milhares de refugiados de diversos países - e principalmente sírios - é a grande notícia na semana na Europa.

A Alemanha, que tem leis de asilo relativamente liberais para o tema, receberá grande parte desse fluxo. Segundo estimativa da Reuters, o número de refugiados no país pode chegar a 800 mil, equivalente a quase 1% de sua população total alemã.

Infelizmente não é todo mundo que entende o momento de fragilidade. E ataques e ameaças acabaram surgindo. A própria personalidade da chanceler Angela Merkel não é das mais bem aceitas.

Mas em meio a tudo isso, o futebol parece oferecer alguns minutinhos de paz aos refugiados. Pelos menos se depender dos torcedores. Bayern de Munique, Borussia Dortmund e Werder Bremen, três dos principais times do país viram seus estádios serem enfeitados neste final de semana com mensagens de apoio a quem acaba de chegar ao país. Como não poderia deixar de ser, os torcedores do progressista St. Pauli, da segunda divisão alemã, também abraçaram a ideia.

O Borussia Dortmund chegou, inclusive, a levar 220 refugiados ao estádio para que eles assistissem à partida contra Odds Ballklubb, pela Liga Europa.

As provas de que a coisa se espalhou pelas arquibancadas estão logo abaixo.

Um belo gol da tolerância.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: