NOTÍCIAS
25/08/2015 14:46 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:24 -02

Empresa dará fim de semana de três dias aos seus 10 mil funcionários

Kimimasa Mayama/Bloomberg via Getty Images
Mannequins stand inside Fast Retailing Co.'s Uniqlo store in the Ginza district of Tokyo, Japan, on Friday, March 16, 2012. Fast Retailing Co., the Japanese operator of Uniqlo clothing stores, added its world's biggest store in Japan's most expensive fashion district today in an attempt to revive its brand at home, where sales fell 2.4 percent last year. Photographer: Kimimasa Mayama/Bloomberg via Getty Images

Se você sente que seu fim de semana passa num piscar de olhos, você terá uma invejinha dos funcionários da empresa norte-americana Fast Retailing.

A varejista, dona das marcas Uniqlo, Theory e J Brand, oferecerá a partir de outubro uma jornada de trabalho de apenas quatro dias por semana aos seus 10.000 funcionários.

Mas, como tudo tem seu preço, os funcionários que aderirem ao benefício terão de aumentar sua jornada diária para 10 horas (em vez da padrão, de 8 horas) e terão de trabalhar no sábado e domingo para ajudar a manter o movimento das lojas.

Até então, apenas os executivos poderiam se dar ao luxo de alongar o fim de semana. Agora, o benefício é estendido a todos os funcionários, com o objetivo de reter os talentos da empresa.

Primeiramente, a mudança será apenas para as lojas no Japão. A ideia é acompanhar um momento em que os japoneses estão começando a repensar a jornada de trabalho.

Cerca de 22% dos japoneses trabalham mais de 49 horas por semana. Como reação ao excesso de trabalho e estresse, as empresas começaram a oferecer horários mais flexíveis.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: